Ainda o Maracanã

Ainda o Maracanã

Disistir ou continuar a tentar gerir o Maracanã , partir para a construção de um estádio próprio? 

Mas fica clara, a estratégia de nossa diretoria na tentativa incessante de administrar o carismático Estádio Mario Filho. O Flamengo está numa estratégia intransigente para convencer o Governo do Estado e também a concessionária de que tem toda a capacidade para gerir o estádio e obter recursos financeiros para intrincada tarefa. 

Todavia não será na fácil ter certeza  deste convencimento ao Governo Estadual, mergulhado em crises e fragilizado moralmente, tornando assim a questão num caso de  complexa definição. Hoje seria impossível ter uma certeza do que o governo poderá nos sinalizar, tudo lá é um tanto nebuloso. 

O Mercado Financeiro está muito bem impressionado com a capacidade econômica do Flamengo. Este mercado percebe o Flamengo como "empresa" de grande rentabilidade. 

Neste esforço para jogar a estreia da Libertadores no Maracanã, o clube rubro-negro investiu cerca de 2 120 milhões de reais, arrecadou perto de 3,5 milhões de reais e obteve receita líquida  de 620 mil reais.Caso atípico, pois como o estádio estava em estado de abandono, estas despesas  emergenciais tiveram que ser alocadas de imediato  pelo clube. 

Nossa direção jogou todas as suas fichas na convicção de que nossa Nação lotaria o estádio, ( nada difícil se ter esta convicção) na verdade sabia que a Nação pagaria a conta. Como sabemos, em jogos de menor apelo, a alternativa da Arena da Ilha estará cada dia mais próxima. 

Como sempre afirma o presidente Bandeira, " o Maracanã precisa mais do Flamengo, do que o Flamengo do Maracanã". 

Rumores dão conta que o Ministério Público estaria inclinado a propor uma nova licitação com novas regras, assim as chances do Flamengo e de seus parceiros seriam bem maiores. 

A frente da administração do estádio, o Flamengo poderia usar o seu incomensurável potencial de marketing financeiro para a obtenção de venda dos mais variados produtos e até atrair a parceira CARABAO como carro chefe dessas vendas. 

Qualquer indivíduo inserido na questão Maracanâ, saberá entender que para esse  estádio ser forte, pujante e lucrativo, a presença majoritária Rubro-Negra será indispensável. 

Um jogo de muita paciência, não observamos uma definição imediata, isso ainda dará "panos pra manga", mas acreditamos na capacidade de nossa direção para este jogo de inúmeras estratégias e interesses. Aguardamos um final feliz. 

 

Começou a temporada de verdade, depois da ótima vitória contra os hermanos do San Lourenço, vamos encarar os chilenos da U.Católica, jogo duro lá na casa deles, mas nenhum bicho de sete cabeças, com alguma cautela, boa estratégia de jogo e vontade dos jogadores, poderemos sair de lá com mais uma vitória, no entanto, um empate não seria um resultado ruim , ganhar em casa e não perder fora, será fundamental sempre para a classificação final da chave. 

Ontem nossos reservas não tiverram dificuldades para golear a fraca Lusa da Ilha, 5 x 1 foram ferimentos leves para o time da Potuguesa, nosso time fez um bom jogo, sobretudo no primeiro tempo, no segundo o ímpeto já não foi o mesmo. Melhores Juan, Rodinei, M.Araújo sim, Gabriel sim, além do L.Damião que demonstrou presença de área e marcou três gols. O velocista Berrío entrou no final e deixou mais uma vez boa impressão. No gol único da lusa, achamos que o Donatti bobeou, cruzamento de bola parada, estava mal posicionado no lance. SRN

Mudança no sistema de comentários
Não é mais necessário fazer login no site Flamengo RJ para comentar. Agora você precisa entrar no sistema de comentário abaixo com uma das opções de login disponível.