• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

PRENDAM O MORDOMO

A primeira coisa que se faz quando um time não vem tendo boas atuações e toma uma goleada homérica como a de quinta feira é procurar um culpado. E como nos romances policiais de antigamente, onde o mordomo era sempre considerado o culpado do crime, no futebol escolhe-se o técnico para colocar a culpa, como estão fazendo atualmente com o Dome.

Nesse caso, vejo a hipótese de demissão do técnico como uma solução simplista e que quase sempre não provoca melhoras no rendimento do time.

Será que não estaríamos sendo precipitados ao crucificar um técnico que tem somente 45 dias no cargo e dirigindo uma equipe que já vinha caindo visivelmente de produção desde o início do ano? Sim, porque contávamos que iríamos ganhar o campeonato carioca com um pé nas costas, mas a realidade não foi essa. Ganhamos apertado do Boavista, Portuguesa e Volta Redonda, empatamos com o Macaé e fizemos finais duríssimas contra o Fluminense.

O time este ano não apresentou até agora, com o Mister ou com o Dome, o mesmo futebol que encantou a todos no ano passado.

Não estou querendo dizer que o Dome seja bom ou mau técnico. Só acho muito precipitado pedir a cabeça dele quando os jogadores não estão sendo nem sombra do que foram no ano que passou.

Sim, porque nossos jogadores estão visivelmente fora de forma física e técnica.

Como colocar a culpa no técnico se o Gabigol não consegue colocar a bola dentro do gol nem mesmo da pequena área?

Como colocar a culpa no técnico se a nossa defesa deixa um jogador adversário dominar a bola na entrada da área, ajeitar e chutar sem que ninguém apareça para lhe atrapalhar ou bloquear o chute? Sim. Acreditem, isso aconteceu no segundo e terceiro gols do Del Valle.

Fora outros erros individuais que vou me abster de relacionar, para poupar os meus nervos e não cansar os leitores.

Não estou dizendo que o Dome é bom ou mau técnico. O que entendo é que, com a má forma e as atuações individuais que nossos atletas estão apresentando, considero muito precipitado fazer uma avaliação do seu trabalho.

Cautela e canja de galinha não fazem mal a ninguém.

 

Escrito por Gustavo Sampaio