​Santos 4 x 5 Flamengo - Brasileirão 2011

O jogo em si não valia muita coisa - o Brasileirão ainda estava na 12ª rodada e o Santos havia conquistado a Copa Libertadores um mês antes. Mas é claro que o encontro entre Neymar e Ronaldinho Gaúcho na Vila Belmiro não seria ignorado pelos deuses do futebol.

Em uma atuação mágica dos dois craques, em uma espécie de passagem de bastão de Gaúcho para Neymar, o jogo foi um verdadeiro espetáculo. Depois de estar perdendo por 3x0, o rubro-negro conquistou uma inesquecível vitória por 5x4 - mas o resultado foi o menos importante naquela noite.

 

Cruzeiro 2 x 1 São Paulo - Copa do Brasil 2000

​Partidas como a final da Copa do Brasil de 2000 ficam eternizadas na mente dos torcedores. No jogo decisivo, o Cruzeiro precisava da vitória, mas saiu perdendo. Só a virada deixaria a taça em Belo Horizonte. E com todas as doses de drama possível, foi isto que aconteceu. 

Para os cruzeirenses, o barulho do chute de Geovanni estufando a rede do Mineirão ecoará para sempre na memória. 

 

Grêmio 4 x 3 Santos - Copa do Brasil

Lutar até o fim parece ser uma sina para o Grêmio. Depois de levar um verdadeiro passeio na etapa inicial, tomar dois gols e desperdiçar um pênalti, a equipe gaúcha parecia entregue no primeiro jogo das semifinais contra o Santos. 

Duvidar do tricolor de Porto Alegre, contudo, ainda mais no velho estádio Olímpico, mostrava-se quase sempre uma decisão equivocada. O Grêmio voltou renascido no segundo tempo, marcou quatro gols e manteve-se vivo para jogo da volta, quando o talento dos Meninos da Vila acabou falando mais alto.

 

Corinthians 2 x 0 Atlético-PR - Copa do Brasil

​Corinthians 2x0 Atlético-PR. Timão classificado para as quartas de final da Copa do Brasil. Não parece um resultado tão surpreendente assim, certo? Quem acompanhou o duelo discorda. O Corinthians foi amassado em Curitiba e esteve praticamente eliminado já na partida de ida - chegou a estar perdendo por 3 x 0. Dois gols na bacia das almas deixaram o confronto vivo para o Pacaembu.

​Em São Paulo, Ronaldo Fenômeno teve uma noite que só os grandes do futebol são capazes. Dois gols do camisa 9 e o alvinegro estava um passo mais perto do título. Uma reviravolta daquelas para ninguém colocar defeito.

 

Palmeiras 3 x 4 Vasco - Copa Mercosul 2000

​A virada mãe de todas as viradas no futebol brasileiro de clubes. Todas as palavras sobre este partidaço entre Palmeiras e Vasco, na final da Copa Mercosul de 2000, já foram ditas. Só nos resta recordar com saudade o futebol daquele que foi o grande nome daquela reviravolta vascaína.

Romário era demais!

 

Palmeiras 4 x 2 Flamengo - Copa do Brasil 1999

Um dos maiores jogos da história do torneio, válido pelas quartas de final. Até perto do fim, as duas equipes empatavam por 2 a 2, o que garantia os rubro-negros na próxima fase, já que haviam vencido por 2 a 1 no Maracanã.

Poucos (ou ninguém) acreditavam que havia tempo para os palmeirenses fazerem dois gols nos poucos minutos restantes. Só não contavam com "filho do vento". Euller comandou a reação num final de partida eletrizante, com dois gols tão chorados quanto a comemoração.