Confiram abaixo alguns desses times que acabam mandando mais do que a média em seus próprios estados...

ABC-RN

A equipe potiguar é disparada a maior campeã estadual do Brasil. Já em 2018 conseguiu faturar seu 55º título. O feito levou o clube também a alcançar sozinho um recorde mundial: não existe nenhuma outra equipe no planeta que tenha ganhado tanta vezes a mesma competição. Antes do ABC, o Rangers, da Escócia, conquistara a liga local em 54 ocasiões. Espantoso!

Flamengo

É bem verdade que o Rubro-Negro não vive grande fase e não conseguiu alcançar a final deste ano no Rio de Janeiro. Tampouco está no Top 5 geral em números absolutos. Mas é preciso levar em conta que sua hegemonia acontece num estado em que há pelo menos mais três rivais de igual nível. Mesmo assim, com 34 títulos conquistados (9 deles em dezessete anos), merece seu destaque na lista.

Internacional

Mesmo com a fase iluminada que vive o rival Grêmio e com a eliminação precoce no estadual desta temporada, o Colorado ainda é quem dá as cartas no Rio Grande do Sul. São 45 títulos conquistados, nove a mais que os tricolores.

Bahia

O Bahia não levanta a taça do Baianão desde 2015, mas ainda assim segue sobrando na turma. São 46 conquistas estaduais, muito à frente do rival Vitória (29 títulos). Nesta temporada, os dois clubes estarão mais uma vez frente a frente na grande final. Quem vai levar desta vez?

Atlético-MG

Em Minas Gerais, o comum é a taça ficar pela capital Belo Horizonte. Mesmo dividindo as principais chances com outros dois clubes (América-MG e, principalmente, Cruzeiro), o Galo consegue ter um currículo de respeito frente aos rivais de cidade. São 44 títulos estaduais, enquanto a Raposa tem 37 e o Coelho aparece mais atrás, com 16. Apesar de não ser o favorito da final diante dos cruzeirenses nesse ano, as chances de aumentar a vantagem permanecem vivas.

Paysandu

O Papão da Curuzu não tem esse apelido à toa, não é mesmo? Com 47 troféus paraenses levantados, o Bicolor é o segundo maior vencedor de estaduais do país em números absolutos. Mas o rival Remo, com 44, não fica muito atrás. A disputa é boa em Belém.

Rio Branco-AC

Mesmo sem vencer desde 2015 num campeonato de menor apelo do público em geral, o Rio Branco é detentor de uma das maiores hegemonias locais do Brasil. São 45 títulos conquistados, superando e muito o rival Juventus, que tem apenas 14 conquistas. Avassalador!

Nacional-AM

Situação de momento muito similar ao clube acriano citado anteriormente e com história também bastante parecida, o Nacional não conquista a taça estadual do Amazonas desde 2015. Porém, sua força local é evidente e inegável: 43 conquistas diante de apenas 16 taças do rival Rio Negro.

Este artigo foi trazido a você por Rampage: Destruição Total, nos cinemas em abril.

Assista ao trailer abaixo: