| Futebol

A expectativa da estreia: os primeiros passos de Varejão com o Manto

Jogador ouviu a Arena Carioca gritar seu nome e foi ovacionado em sua estreia pelo Flamengo

flameng - A expectativa da estreia: os primeiros passos de Varejão com o Manto

Foto: Staff Images/Flamengo

A reação da torcida já indicava quem estava vindo. Desde o aquecimento, a ansiedade para assistir o camisa 17 em quadra era enorme. Aqueles dias entre o anúncio e a grande estreia de Anderson Varejão criaram um certo nervosismo no ambiente que tinha explicação. Quando entrou em quadra, o ala-pivô fez a Arena Carioca 1 levantar-se por completo para aplaudi-lo. E não foi à toa.

Antes de realizar seus primeiros minutos de quadra, Varejão conversava com Marcelinho o tempo todo. Um encontro pesado, que reúne histórias e uma parceria sem igual. O Capitão virava mentor novamente de uma das estrelas da noite de quinta-feira (2). Enquanto o Campo Mourão tentava surpreender aquela Arena lotada, os dois, em sintonia, conversavam sobre o jogo. Quando José Neto os chamou para a partida, não demorou muito até que tudo fosse refletido na quadra.

Anderson parecia tranquilo, solto. Em seu primeiro lance, uma linda assistência para conclusão de Marcelinho. Esses dois pontos foram seguidos por muitos outros com assistências do camisa 17. Sua primeira cesta, claro, saiu de um contra-ataque rápido, um lançamento longo para o Capitão e um passe de costas. Varejão apenas completou na tabela com naturalidade.

Foram 17 minutos de quadra, quatro pontos, cinco assistências e sete rebotes. Pode parecer pouco, mas foi o suficiente para mudar o rumo da partida. Auxiliando a equipe de José Neto em todos os quartos, Varejão encantou a torcida por toda vontade apresentada logo em sua primeira exibição com o Manto Sagrado. Com um enorme sorriso no rosto e grande entrosamento com os companheiros, Anderson mostrou estar em casa e viveu cada minuto.

O próximo desafio será já neste sábado (3). Para o Flamengo, é a chance de se reafirmar na liderança do NBB, visto que enfrenta o Paulistano, segundo colocado da competição. Para o camisa 17, o segundo passo em sua longa caminhada rubro-negra. 

As equipes de basquete do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – thinkseg, Estácio, AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR) e Lei de Incentivo Estadual/Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (Seelje) do Rio de Janeiro, além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé. O Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro, de transferência fiscal de pessoa física, beneficia todas as modalidades olímpicas do Mais Querido.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/26745/a-expectativa-da-estreia-os-primeiros-passos-de-varejao-com-o-manto