Segundo o ​repórter Marco Aurélio Souza, o treinador Renato Portaluppi estaria disposto a convencer a diretoria do Grêmio a apostar na recuperação do atacante. A ideia do comandante gaúcho é a mesma utilizada para nomes como Cícero, Léo Moura, Cortez, Fernandinho, dentre outros, que chegaram desacreditados ao Humaitá e deram a volta por cima sob o seu comando. Não à toa, o técnico comentou em julho deste ano sobre tal traço marcante na condução dos seus trabalhos:

"Essa é uma das qualidades que tenho, recuperar jogador. Botar ele para cima e fazer render. Eu sei o que o jogador gosta de ouvir, como gosta de trabalhar. Eu sei as conversas que tenho de ter. Às vezes converso com o grupo, individualmente. É um segredo também. É um trabalho que eu sei como fazer. Sei como trabalhar a cabeça dos meus jogadores", afirmou na ocasião.

​​

Apesar das especulações e do desejo manifesto de Adriano de voltar a jogar futebol, as chances de um acerto com o Imortal é nula, segundo o próprio vice de futebol, Odorico Roman.