| Futebol

A volta dos que não foram

flameng - A volta dos que não foram

Após arrumar as malas rumo ao Rio Grande do Sul, e ver o negócio com o Internacional melar, começa agora a saga: “Marcelo Cirno, o retorno.”. Inclusive já reiniciou os treinamentos.

Com isso, continuamos com aquele que é, sem nenhuma dúvida, o pior investimento do Flamengo dos últimos 20 anos, só perde pro Edmundo. Chegamos bem perto de arrumar uma boa saída para o caso Marcelo Cirino, mas infelizmente não rolou.

Dificilmente o Flamengo conseguirá, agora, qualquer negociação para se desfazer do atacante antes do término do contrato, lá no final do ano. Entretanto, concordo que Cirino deva ser utilizado na continuação desse fraco Campeonato Carioca.

Como já se sabe… “Em terra de Muriqui, Cirino é rei!”’, então não duvido que o Marcelo se destaque nessa reta final de Estadual, só não pode é o torcedor levar isso como parâmetro, e se empolgar com as apresentações do nosso velocista.

Mas torço muito para o sucesso do atacante, afinal de contas, algum outro clube pode ficar entusiasmado com meia dúzia de partidas contra os Nova Iguaçu’s da vida, e cometer a loucura de querer contas com os seus serviços, assim como o Inter cometeu.

Olha, eu também não duvido que em outro clube Marcelo Cirino possa voltar a brilhar, e mostrar aquele futebol que encantou o Brasil em 2013, e colocou o cara como headline na maioria das listas de contratações das grandes equipes do futebol tupiniquim, naquele ano.

Acho bem difícil que ele volte a ser aquele craque de alto nível de tempos atrás, ele parece ter se perdido com suas máscaras e Stellas, mas futebol é sinistro, amigos, e todos sabem que o peso do Manto-Sagrado Rubro-Negro é cruel.

Enfim, desejo sucesso ao Cirino nesse retorno, pois essa é a última esperança que restou para que ele possa recolher o fracasso que foi a sua passagem pelo Flamengo, e partir para bem longe!

A volta dos que não foram 2

Aleluia! Enfim, Ederson deixou o chinelinho em casa, e voltou aos treinamentos, o dono dos 200 mil reais mensais mais fáceis do mundo está de volta.

Nesse meio tempo que o Ederson ficou parado até o Alan Ruschel da Chapecoense voltou aos treinamentos. O passageiro e sobrevivente do voo da Lamia, que ficou horas debaixo das fuselagens, num frio abissal, todo quebrado, retornou antes do meia rubro-negro.

Na verdade, foi uma tragédia anunciada, no fundo, todos nós sabíamos que o histórico de contusões de Ederson iria aparecer e pesar, mais cedo ou mais tarde, no Flamengo. Mas como a carência de um armador era tão grande, demos de ombro.

Desejo sorte ao Ederson nesse retorno, mas a mitificada camisa 10 da Gávea não pode ficar tanto tempo longe dos gramados. Passou da hora do Diego enverga-la permanentemente.

Que os deuses do futebol estejam com o Flamengo!

Vinny Dunga

Siga no Twitter:  twitter.com/DungaVinny (@DungaVinny)

Curta no Facebook: facebook.com/ColunaDoVinny

 

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2017/03/volta-dos-que-nao-foram/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.