| Futebol

À vontade no Maraca, Robinho marca e dá a vitória ao Santos sobre o Fla

Três dias após fazer dois gols no Botafogo, atacante volta a balançar a rede e mantém Peixe sonhando com G-4; Flamengo fica a quatro pontos do Z-4

  • lance capital

    23 do 1º tempo


    Geuvânio aplica o drible da vaca em João Paulo, invade a área e rola para Robinho fazer o gol da vitória santista no Maracanã.

  • estatísticas

    equilíbrio


    O Flamengo teve mais posse de bola (61% contra 39%), mas, no número de finalizações, houve equilíbrio: nove do Fla contra oito do Santos, que desarmou mais (36 contra 23).

  • confusão

    uniformes


    Depois de jogar o primeiro tempo com o uniforme 2 (camisa listrada, calção e meiões pretos), o Santos voltou todo de branco na etapa final, a pedido da arbitragem.

O Santos não vencia como visitante no Brasileirão desde maio. Mas Robinho se sente em casa no Maracanã. Três dias depois de fazer dois gols na vitória santista sobre o Botafogo pela Copa do Brasil, o atacante voltou a desequilibrar um jogo no Maraca. Com um gol do Rei das Pedaladas, o Peixe venceu o Flamengo por 1 a 0, na tarde deste sábado, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Foi o sétimo jogo de Robinho com o Santos no Maracanã. E o retrospecto é positivo. Agora ele soma quatro vitórias, dois empates e apenas uma derrota no estádio. Depois do jogo, o atacante seguiu para o aeroporto - ele viajou para a Ásia com a seleção brasileira, para amistosos contra Argentina (na China, dia 11) e Japão (em Cingapura, dia 14).

- Sempre sonhei jogar no Maracanã, lugar onde jogaram muitos craques. Eu me sinto muito bem aqui - disse Robinho, na saída de campo.

Comemoração do Santos contra o Flamengo (Foto: Ide Gomes / Agência estado)Robinho & Cia. comemoram gol do Santos sobre o Flamengo (Foto: Ide Gomes / Agência estado)

Com a vitória, o Santos permanece na oitava posição, mas agora com 39 pontos, a quatro do Atlético-MG, quarto colocado (e que enfrenta o Criciúma, em Santa Catarina, a partir das 18h30).

saiba mais
  • Veja como foi o Tempo Real do jogo
  • Tabela e classificação da Série A

Já o Flamengo chega a cinco jogos sem vencer, estacionado nos 31 pontos, só quatro acima da zona do rebaixamento.

- Ainda não saímos da confusão - resumiu o zagueiro Chicão.

O público pagante foi de 37.204 pessoas (43.790 presentes), com renda de R$ 1.340.195,00. Na próxima rodada, o Flamengo encara o Figueirense, às 22h, em Florianópolis. Já o Santos joga na quinta-feira, contra o Bahia, na Vila Belmiro.

João Paulo, Flamengo X Santos (Foto: André Durão)Cicinho e João Paulo, em disputa de bola no Maracanã (Foto: André Durão)

O jogo

Empurrado pela torcida, o Flamengo começou melhor. Chegou a ter 65% da posse de bola nos dez primeiros minutos de jogo. O Santos, sem seu principal armador (Lucas Lima suspenso) e sem um centroavante fixo (Leandro Damião começou no banco), apostava na movimentação de Robinho, Geuvânio e Gabigol para tentar surpreender num contra-ataque. Mas foi só quando o trio de volantes (Alan Santos, Arouca e Alison) se acertou em campo que o Peixe passou a sair com qualidade. Numa dessas oportunidades, Alan Santos acionou Geuvânio, que fez linda jogada pela direita, com drible da vaca em João Paulo, e rolou para Robinho abrir o placar.

O Flamengo sentiu o baque. Na sequência, o Santos ainda teve outras duas chances para fazer o segundo. A torcida rubro-negra passou a se irritar com alguns jogadores, principalmente com João Paulo. O time de Luxemburgo continuava com mais posse de bola (terminou o primeiro tempo com 61%), mas não conseguia chegar ao gol santista e arriscava nos chuveirinhos - foram 13 bolas levantadas na área do Peixe, e só uma cabeçada com perigo, de Alecsandro.

No segundo tempo, o Flamengo foi para o abafa. Primeiro, Luxa colocou Eduardo da Silva no lugar de Gabriel. Já aos 35, lançou Elton na vaga de Canteros. Era o tudo ou nada, mas faltava qualidade na armação para o Fla e sobravam homens de branco no campo de defesa do Santos. A melhor chance foi num lance de bola parada - Chicão, de falta, com defesaça de Vladimir.

Flamengo x Santos - Eduardo disputa com David (Foto: Andre Durão )Santos, de David Braz, voltou de branco para o segundo tempo (Foto: Andre Durão )

 

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.