Adriano Imperador treina com bola e anima ainda mais a torcida do Flamengo

Adriano Imperador treina com bola e anima ainda mais a torcida do Flamengo

A sexta-feira foi de... treino para Adriano Imperador. Pelo quarto dia seguido, ele pegou pesado nas atividades físicas. Desta vez, trabalhou com bola. E a torcida do Flamengo, é claro, se animou ainda mais.

“Aí galera... mais um dia de trabalho, tô acabando agora esse treinamento maravilhoso. Se Deus quiser vai dar tudo certo rapaziada, obrigado pela força”, disse o Imperador.

“Tá saindo da jaula o artilheiro da Libertadores 2018”, escreveu um torcedor.

“Vem ser feliz no nosso Flamengo”, postou outro.

“Força, Imperador! Você é do Mengão”, disse mais um.

Flamengo acompanha

O Imperador ainda não voltou, mas o Flamengo, como prometeu, abriu não só as portas do clube, como acompanha com seus profissionais a retomada dos treinos de Adriano.

O jogador, de 35 anos, preferiu não fazer os trabalhos iniciais no Centro de Treinamento Ninho do Urubu. Depois de reunião com o presidente Eduardo Bandeira de Mello, ficou acordado informalmente que isso vai acontecer com a evolução de Adriano.

No entanto, os métodos adotados pelo atacante na academia e fora são os que o Flamengo disponibiliza para seus atletas no Centro de Excelência em Performance. O Imperador faz trabalhos de fortalecimento e aeróbicos para recuperar a força e a arrancada.

O chefe médico do clube, Márcio Tannure, acompanha os trabalhos e indicou que é possível colocar o centroavante em um nível que ele possa voltar a jogar. Um preparador físico do clube tem feito os trabalhos com o jogador na academia.

Todo o projeto está em fase inicial e não dispõe de qualquer contrato. Se avançar nos treinos, isso será discutido posteriormente. Adriano está animado e tem postado imagens de seus treinos nas redes sociais, onde recebe incentivo de torcedores.

De acordo com o "Globoesporte.com", o Flamengo sugeriu tratamento psiquiátrico mais uma vez a Adriano, que havia sinalizado negativamente sobre a ideia no ano passado. O "Extra" apurou que o jogador aceita as condições e está disposto a se submeter a um acompanhamento do próprio clube neste quesito.