• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Adversário do Flamengo, Coritiba tem baixo aproveitamento como visitante no Brasileirão

O Flamengo entra em campo para encarar o Coritiba, na noite deste sábado (21), no Maracanã, precisando se reabilitar. Até então, o time ainda não ganhou sob o comando de Rogério Ceni – três jogos, um empate e duas derrotas – e nada melhor do que enfrentar uma das equipes de pior desempenho atuando longe de seus domínios.

O Coritiba, 17° colocado na tabela – antepenúltimo -, já realizou 11 jogos fora de casa no Campeonato Brasileiro. O clube paranaense conquistou duas vitórias, empatou três duelos e perdeu seis partidas, somando assim apenas nove dos 33 pontos disputados. O aproveitamento é de apenas 27,2% como visitante na competição nacional.

Se já não bastasse o fato de ter aproveitamento ruim como visitante, o Coritiba ainda terá oito desfalques para enfrentar o Mengão. Os atacantes Ricardo Oliveira e Nathan, o zagueiro Henrique Vermudt e o meia Ramón Martinez estão com Covid-19, enquanto Muralha e Hugo Moura são ausências por serem do Flamengo e estarem emprestados ao clube paranaense. Patrick Vieira e Rafinha estão em tratamento de lesões e também não foram relacionados.

Visando se aproveitar do desempenho ruim do Coritiba, o Flamengo também tem diversos desfalques, sete ao todo. Natan e Gustavo Henrique estão suspensos, enquanto Gabigol, Filipe Luís, Thiago Maia (este volta somente em 2021), Pedro e Rodrigo Caio estão lesionados. Por outro lado, Diego Ribas voltou a ser relacionado e deve ficar no banco de reserva na partida que terá início às 19h (horário de Brasília), pela 22ª rodada do Brasileirão.

Publicado em colunadofla.com.