| Futebol

Advogado do Fla critica punição e vê Palmeiras beneficiado no duelo direto

Vice-presidente lembra que paulistas não perdem mando de campo, mas flamenguistas, que já cumpriram uma partida, saem prejudicados no confronto direto

O Flamengo vai pedir esclarecimento da decisão de julgamento desta quinta-feira do Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O departamento jurídico vai entrar com embargos do resultado da votação em que foi punido com três partidas sem ter direito a carga obrigatória de ingressos de visitante fora de casa, mais três partidas com mando de campo e restrição na venda de 20% do total da carga de ingressos para sua torcida, mais multa de R$ 30 mil.

+ STJD: Palmeiras x Flamengo terá restrição de organizadas e visitantes

No entendimento do vice-presidente jurídico do Flamengo, Flavio Willeman, o clube sai prejudicado. Em primeira instância, o clube havia sido punido com perda de um mando de campo
– que cumpriu levando jogo contra o Fluminense de Brasília para Natal ainda no primeiro turno (derrota de 2 a 1) – e multa de R$ 50 mil.

Desta vez, no Pleno, em decisão inédita do tribunal, o Flamengo tem multa menor (R$ 30 mil), mas tem restrição de seus torcedores dentro e fora de casa em seis partidas no total. Em comum com o Palmeiras, são 10 jogos no Brasileiro sem qualquer menção a organizadas dentro do estádio.

Willeman citou a decisão original do tribunal para lembrar que o jogo entre Palmeiras e Flamengo, respectivamente atuais líder e vice-líder da competição, marcado para 14 de setembro vai beneficiar ao time paulista em detrimento do rubro-negro carioca.

- O Palmeiras entrou no julgamento com pena de jogar sem mando de campo e com portão fechado. Sai podendo jogar na sua casa e o Flamengo, que já tinha cumprido com perda de mando de campo, sai sem poder ter seu torcedor no estádio do Palmeiras – disse o vice-presidente jurídico do Flamengo, Flavio Willeman.

Ele alertou para a fragilidade da punição.

– Como vou impedir que o torcedor do Flamengo, como consumidor, compre ingresso fora do setor destinado ao visitante, agora proibido? Quer dizer, a emenda pode sair pior que a encomenda.

O dirigente do Flamengo considera que houve até boa intenção em preservar os clubes quando não se puniu o mando de campo, mas, apesar disso, há prejuízo na restrição de público nos estádios – com 20% a menos na carga de ingressos em três partidas e sem torcida visitante em jogos do Flamengo fora de casa – e o que chamou de decisão desigual dos auditores do STJD entre Palmeiras e o Rubro-Negro.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/09/advogado-do-fla-critica-punicao-e-ve-palmeiras-beneficiado-no-duelo-direto.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.