Agência Mundial Antidopagem tem estratégia para aumentar pena de Guerrero, diz jornal

Agência Mundial Antidopagem tem estratégia para aumentar pena de Guerrero, diz jornal

Falta pouco para o atacante Paolo Guerrero ser liberado às atividades normais de um futebolista. Porém, no mesmo dia em que a pena expira, será quando ele será julgado na terceira instância, que é o TAS (Tribunal Arbitral do Esporte).

A audiência acontecerá na Suíça, no dia 03 de maio. A expectativa dos advogados do peruano é de que a absolvição seja obtida. Entretanto, por outro lado, a Agência Muncial Antidoping (WADA – sigla em inglês), quer prorrogar a punição por mais tempo. E, de acordo com o jornal AS, da Espanha, a entidade prepara uma estratégia especial para conseguir tal feito.

O pedido realizado pela WADA é para que Guerrero seja afastado por dois anos. Desta forma, ele não poderia disputar a Copa do Mundo, entre junho e julho deste ano, e dificilmente voltaria a jogar pelo Flamengo, uma vez que seu vínculo com o Rubro-Negro está próximo do fim e, com tal situação, a renovação teria chance  mínima de acontecer.

Caso a pena não seja alterada, Paolo Guerrero poderá atuar pelo Flamengo no dia 06 de maio, quando o Mais Querido encara o Internacional pela quarta rodada do Brasileirão. Antes disso, o clube da Gávea tem mais um compromisso pela competição: neste domingo (28), o Fla encara o Ceará, buscando seu primeiro triunfo fora de casa, o que daria uma maior tranquilidade ao elenco.