Apesar de ter contrato com o Rubro-Negro até 31 de dezembro de 2020, tudo leva a crer que o destino do arqueiro será bem longe da Gávea. Segundo o site ​UOL Esporte, o empresário de Muralha, Alexandre Aki, está no Japão negociando o próximo clube de seu cliente. 

O agente já recebeu contato de pelo menos dois clubes do país interessados em contar com o atleta. No entanto, o impasse, segue a matéria, está na forma do negócio. Os japoneses preferem o empréstimo por uma temporada, enquanto o Flamengo pretende uma transferência em definitivo.

Caso realmente vá atuar no futebol japonês, não será a primeira vez em que Muralha trabalhará no país. Em 2013, o goleiro defendeu o Shonan Bellmare.

​​