| Futebol

Agora vai? Mesmo com rejeição, Muralha 'herda' responsabilidade

Após contusão de Diego Alves, Muralha volta ao gol rubro-negro em novo momento-chave

flameng - Agora vai? Mesmo com rejeição, Muralha 'herda' responsabilidade

Muito criticado pela torcida ao longo da temporada, o goleiro Alex Muralha terá a oportunidade de dar a volta por cima neste fim de ano. Com a fratura sofrida por Diego Alves - sofrida na partida contra o Junior Barranquilla, o reserva entra novamente em ação, de novo num momento-chave. Ele foi mal em disputas de pênalti pelo Rubro-Negro e recebeu rejeição.

Antes de voltar à ativa contra o Barranquilla, Muralha não conseguiu ajudar muito no segundo jogo da Copa do Brasil. Ele não sofreu gols no Mineirão, mas foi criticado por escolher sempre o lado direito ao tentar defender os pênaltis na disputa que consagrou o Cruzeiro como campeão. Diego Alves não disputou o torneio porque não foi inscrito dentro do prazo.

O técnico Reinaldo Rueda pediu apoio dos torcedores a Muralha neste momento. O treinador conteve a massa rubro-negro quando teve de substituir Diego Alves, fazendo gestos com as mãos, clamando por suporte.

- Hoje, precisamos mais do que nunca do apoio da torcida, temos que apoiar a todos. Muralha está trabalhando muito bem. Deus premia os homens bons. Agora é tocar a oportunidade. Em algum momento falei com alguns torcedores, os torcedores tem que seguir apoiando o Flamengo até a morte, são rubro-negros desde que nasceram. Estamos juntos, temos jogadores com bom comportamento, com grande esforço. Temos que dar uma segunda oportunidade a todos - disse.

Muralha disputou 38 partidas neste ano, mais do que as 24 de Diego Alves. O segundo chegou ao clube após muitos pedidos da torcida pela falta de confiança em Muralha. Agora, novamente, o destino colocou o goleiro como responsável por defender a meta rubro-negra. Chegou a hora da redenção?

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/muralha-outra-vez-mesmo-sem-apoio-boa-parte-torcida-goleiro-herda-responsabilidade.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.