Segundo o ​globoesporte.com, Rueda utilizou 29 jogadores diferentes nas três últimas partidas do Flamengo. Contra o Paraná, pela Primeira Liga, o Flamengo entrou em campo com reservas; diante do Cruzeiro, na final da Copa do Brasil, o colombiano utilizou o que considera a força máxima da equipe; no clássico contra o Botafogo, o Fla entrou em campo com uma formação alternativa, com jogadores que não podem atuar na Copa do Brasil, como Diego Alves, Éverton Ribeiro e Geuvânio.

Nesta quarta-feira, às 19h15, o Flamengo enfrenta a Chapecoense pelas oitavas-de-final da Copa Sul-Americana, outra competição que pode dar ao clube uma vaga na Libertadores de 2018. Quais serão os escolhidos de Reinaldo Rueda desta vez?

​​