Ainda sem oferta, Rodrigo Caetano diz sobre demissão no Fla: ‘A ficha está caindo’

Ainda sem oferta, Rodrigo Caetano diz sobre demissão no Fla: ‘A ficha está caindo’

Demitido do Flamengo há 15 dias, Rodrigo Caetano ainda não digeriu a saída após três anos e três meses no departamento de futebol do clube. Em entrevista ao programa “Os Donos da Bola”, da TV Bandeirantes, o ex-dirigente do rubro-negro afirmou que “a ficha ainda está caindo” após admitir total surpresa com o desligamento. Caetano ainda não recebeu nenhuma proposta oficial de outro clube, por isso permanece com a família no Rio de Janeiro, onde já está estabelecido desde que chegou para trabalhar no Vasco, em 2009.

Detalhe que a pergunta foi feita por Roberto Dinamite, ex-presidente do Vasco e que trouxe Caetano para trabalhar no Cruz-Maltino na sua primeira gestão.

– Hoje (quinta). Fazem 15 dias que fui desligado do Flamengo. Confesso que, por ter sido a primeira vez que foi demitido, estou me adaptando, assimilando a situação. A ficha está caindo ainda. Minha família está toda estabelecida no Rio. Obviamente, desde a minha saída, como acontece com todos no futebol, pessoas próximas a clubes conversaram comigo, mas nada além. Acabei me desvinculando de forma definitiva do Flamengo há dez dias – disse o ex-dirigente.

Caetano ainda não recebeu nenhuma proposta concreta de clubes, mas disse que vai analisar projetos e que só aceitaria o que for de longo prazo, como aconteceu pelas equipes onde passou. Só Vasco ele permaneceu quatro anos, enquanto no Fluminense foram duas temporadas e no Flamengo três anos e três meses.

– Mas pretendo voltar ao mercado em breve, caso tenha um convite e que venha junto com um projeto, para que eu possa participar por um grande tempo. No Flamengo, não veio um título de expressão, veio apenas o Carioca de 2017, como falam, mas foi isso que desencadeou todo o resto. Ter participado desta reestruturação foi importante com o Flamengo. Ver a equipe crescer e se estruturar com boas condições aos jogadores, fazer parte disso, foi realmente muito bom – afirmou.