| Futebol

Alecsandro prega humildade no Fla: "Nossa briga é com a parte de baixo"

Atacante diz que Rubro-Negro deve ter cautela na partida contra Coritiba - também na zona de rebaixamento -, domingo, e aponta dificuldades de jogar na região sul do país

Alecsandro, Ninho do Urubu, Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)Alecsandro em ação no treino no Ninho do
Urubu (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)

Nesta sexta-feira, após o treino de 10 horas da manhã, a delegação rubro-negra viaja para o Paraná com a consciência de que tem uma missão complicada: vencer o Coritiba, domingo, no Couto Pereira. O adversário é direto na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Reconhecer que a "briga é com a parte de baixo da tabela" é o primeiro passo para obter o triunfo, segundo Alecsandro. O atacante pregou a humildade e disse que daqui a três meses a situação estará diferente, para melhor.

- Temos que ter humildade e reconhecer que a nossa briga é com a parte de baixo da tabela. Isso é ser inteligente. É uma disputa com o nosso concorrente hoje, que é o Coritiba. O Flamengo não merece essa colocação, mas temos que ter a consciência disso. Estamos trabalhando dia a dia. Vai ser aquele chamado jogo de seis pontos. Depois, quando estivermos melhor, não podemos nos acomodar. Eu vou voltar aqui daqui a três meses e vocês vão ver que meu discurso vai ser mais feliz. Vou lembrar dessa entrevista que dei. Espero ser cobrado daqui a três meses.

O retrospecto contra o Coritiba fora de casa em jogos pelo Campeonato Brasileiro não é favorável: são 10 vitórias da equipe alviverde (30 gols marcados) contra quatro do Rubro-Negro (16 gols), e dois empates. Alecsandro apontou o frio e a forte marcação como as dificuldades de jogar na região sul do país.

Eu vou voltar aqui daqui a três meses e vocês vão ver que meu discurso vai ser mais feliz. Vou lembrar dessa entrevista que dei. Espero ser cobrado"
Alecsandro,otimista

- É difícil jogar lá, principalmente nessa época do ano em que o frio é tremendo. Nunca gostei de jogar no frio, mesmo tendo uma passagem pelo Internacional. O futebol do Sul tem uma escola de mais marcação e toque de bola. Nós vemos equipes de qualidade que marcam muito bem. A dificuldade de jogar lá é que eles não tem pressa, jogam com a bola no pé e deixam tudo mais complicado.

Flamengo e Coritiba se enfrentam neste domingo, no Couto Pereira, às 16 horas (de Brasília). A partida é válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro ocupa a 19ª colocação da tabela, com 13 pontos. O Coxa, lanterna, tem um a menos.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.