| Futebol

Aluno aplicado, Gabriel se inspira em Deivid para despertar lado goleador

Em alta, baiano observa vídeos do ex-atacante na internet e segue conselhos para marcar três vezes em quatro jogos e mostrar qualidades além da velocidade<br><br>

Quatro jogos, três gols e prestígio nas alturas com Vanderlei Luxemburgo. Se o Flamengo provavelmente não terá mais Alecsandro para o restante da temporada, Gabriel surge como uma opção cada vez mais segura para o ataque. Com 19 participações em 21 partidas sob o comando de Luxa, o camisa 17 pode até não ser o nome para posição de centroavante, mas tem mostrado que deixou de ser somente uma opção para dar velocidade ao time. Atuando mais próximo da área, pegou gosto pelo gol. Novidade que é fruto dos conselhos de quem já foi especialista no ofício: Deivid.

Ex-atacante do Flamengo, o atual auxiliar de Vanderlei Luxemburgo balançou as redes por mais de 300 vezes na carreira, de acordo com suas contas pessoais. Fora dos gramados, usa a experiência para orientar os mais jovens, e escolheu Gabriel para ser seu pupilo. Velocista, o baiano escutou dicas para ter calma na frente do goleiro e, principalmente, ter mais fome de gol. Se as bandas do campo são os espaços onde está mais acostumado a atuar, o camisa 17 recebeu uma ordem: entrar na área sempre que a jogada estiver no lado oposto.

Gabriel comemora gol do Flamengo contra o américa-RN (Foto: Dhavid Normando / Agência Estado)Após início irregular, Gabriel virou peça fundamental no Flamengo (Foto: Dhavid Normando / Agência Estado)


- Tem hora que Deivid fala (o que fazer) e em outras mostra no campo, quando acaba o treino. Ele mostra o jeito certo para bater na bola, como olhar para tirar do goleiro... Fazer gol é sempre bom. Às vezes é difícil para quem joga na beirada chegar muito na área, porque temos que acompanhar o lateral, mas o professor sempre nos dá liberdade para se aproximar da área e isso facilita muito.

Gabriel tem colocado em prática os ensinamentos e chegou ao sétimo gol na temporada, diante do América-RN. Agora, divide com Everton e Eduardo da Silva a vice-liderança na artilharia rubro-negra em 2014. O meia-atacante, no entanto, quer mais. Para isso, não fica restrito aos conselhos de Deivid em campo. Em casa, observa em vídeos as características do ex-camisa 9 de Corinthians, Santos, Cruzeiro, Fenerbahçe, Flamengo, entre outros clubes. 

- Lembro bem dele. Cheguei a jogar contra na época em que ele defendia o Coritiba. Sempre foi um jogador muito inteligente, fazia tabelas, vinha de trás, finalizava. Gosto muito de ver lances pelo YouTube e recentemente estava vendo uns vídeos dele. Vi há pouco tempo um jogo em que o Deivid fez quatro gols contra o Atlético-MG, pelo Corinthians (na goleada por 6 a 2, pelo Brasileirão de 2002). Também vi um golaço dele contra o Chelsea, pela Champions League, jogando no Fenerbahçe.

Gabriel Flamengo (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)O meia-atacante baiano decidiu contra o América-RN, e o Fla avançou na Copa do Brasil (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)


A vertente de professor de Deivid muito tem a ver com o treinador que ele escolheu para seguir os passos depois da aposentadoria. O auxiliar técnico revelou que faz com Gabriel o que Luxemburgo fez com ele nas vezes em que trabalharam juntos e ressalta o atenção com a qual o aluno ouve as orientações.

- É mais mérito dele. Nós aprendemos muito durante a carreira. Eu aprendi bastante com o Vanderlei. Falo com o Gabriel para tirar a força, bater de jeito na bola, no contrapé do goleiro... Fiz muito gol assim. Ele é velocista, toda hora tem oportunidade e precisa chegar mais na área. É um bom menino, que escuta, gosta de aprender. Como ele e o Everton jogam muito abertos, falo que têm que chegar mais na área. Quando a bola estiver do outro lado, tem que entrar na área.

Em 99 partidas pelo Flamengo, Deivid marcou 31 gols. Gabriel fez somente dez, em 84 exibições, mas segue atento a todos os detalhes, seja no Ninho do Urubu ou na tela do computador, para se aproximar o quanto antes da marca do professor.


Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.