​​

Ainda sem ser divulgada oficialmente, a nova camisa já caiu na internet através do site “Footy Headlines”, especialista em vazar imagens de uniformes antes do lançamento. O uniforme foi escolhido através de uma ação mundial que a fornecedora fez com torcedores, que podiam desenhar as camisas através de uma ferramenta na internet. O Flamengo foi o único clube não europeu a participar. Gigantes do futebol mundial como Real Madrid, Bayern Munique, Manchester United, Juventus e Milan também tiveram camisas elaboradas por fãs. O desenho escolhido para o clube da Gávea foi feito por André Lima:

“Cores unem o passado do clube às arquibancadas. Da mesma forma que o azul e o ouro deram lugar ao vermelho e ao black, as arquibancadas azul e ouro, quando vazias, dão lugar ao vermelho e ao black da torcida, que as preenchem perfeitamente. Assim, homenageia-se a eterna casa, o Maracanã. O passado e o presente”, escreveu o autor do desenho da nova camisa flamenguista.

Não é a primeira vez que o Flamengo lança um uniforme trazendo as cores azul e amarelo. Em 1997, o clube lançou uma camisa predominantemente azul, com listrar rubro-negras e detalhes em amarelo. Em 2010, outra tentativa, dessa vez o design era igual à camisa número 1, com as tradicionais linhas horizontais, substituídas pelo azul e amarelo. Ambas não tiveram sucesso com os torcedores, o modelo de 2010 foi inclusive, apelidado de “Tabajara”, em alusão ao time de futebol do programa humorístico “Casseta&Planeta”.

O Flamengo já entrou no clima do lançamento do novo uniforme, alterando as artes de suas redes sociais. Agora, as cores rubro-negras dividem espaço com o azul e o amarelo no logo do clube.