O Flamengo vencia o clássico por 1 x 0, com gol de Rhodolfo, quando Carpegiani lançou Vinicius para apostar no contra ataque. Já no primeiro lance, ele aplicou uma "caneta" em Marcinho e sofreu falta dura. Poucos minutos depois, recebeu alguns tapas nas costas de Leandro Carvalho em jogada desnecessária no meio-campo. Com a cabeça quente, ao tentar desarmar Igor Rabello, Vinicius deu um carrinho com força excessiva e passível de expulsão, segundo o entendimento do árbitro e foi expulso.

​​Após a expulsão, as polêmicas não acabaram. Quando Vinicius saía de campo, indignado com a decisão do árbitro, foi duramente insultado pelos torcedores presentes no Engenhão, inclusive com ofensas racistas, captadas pelas câmeras do Sportv. Lembrando que no ano passado, já havia acontecido um fato semelhante, onde torcedores botafoguenses foram detidos por ofender a família do jogador do Flamengo também com injúrias raciais.

​​