• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

(ANTI-ZIKA) Em noite de revanche e desempate, relembre os jogos entre Flamengo x Del Valle

Por: Letícia Marques

Ao longo da história, Flamengo e Independiente del Valle se enfrentaram apenas três vezes: todas nesta temporada. Na noite desta quarta-feira (30), as equipes se encontram novamente. O duelo, que acontece às 21h30, no Maracanã, vale a liderança do Grupo A da Libertadores. Vale destacar que além da sensação de revanche por conta do último confronto, a partida tem um gosto de ‘desempate’. Ao todo, uma vitória do Rubro-Negro, um empate e um triunfo do time equatoriano.

Campeão da Libertadores 2019, o Flamengo decidiu o título da Recopa contra o Independiente del Valle, vencedor da Sul-Americana do mesmo ano. A primeira partida aconteceu no estádio Olímpico Atahualpa, e o Rubro-Negro tinha a missão de garantir um bom resultado na altitude de Quito, no Equador. O jogo começou pegado e tinha cara de decisão. O clube carioca saiu atrás, buscou a virada, porém, cedeu o empate nos minutos finais. O jogo terminou em 2 a 2, Bruno Henrique e Pedro foram os autores dos gols para o Mais Querido.

O segundo confronto era no palco mais especial para o Flamengo: o Maracanã. Após o empate, o Rubro-Negro poderia decidir em casa o título. Com o estádio lotado e um jogador a menos desde o início do primeiro tempo, quando Willian Arão foi expulso, o Mais Querido teve um atuação brilhante e venceu o Independiente del Valle com brilho. Sem muita dificuldade, a partida terminou em 3 a 0, foi uma das melhores atuações do Flamengo na temporada. Gabigol e Gerson, que marcou dois gols, foram os craques do duelo.

No retrospecto do confronto, a vitória do Del Valle é a partida que o Flamengo quer apagar da memória. Desta vez, pela Libertadores, os times se enfrentaram novamente em Quito, e em uma atuação apagada do Rubro-Negro, o time equatoriano não desperdiçou nenhuma oportunidade. O placar terminou em 5 a 0 e garantiu ao Mais Querido o maior vexame da história do clube na competição. Esta foi a maior goleada que o time carioca sofreu, além de ter sido a maior derrotar de um atual campeão.

Com isso, o Flamengo retorna ao Maracanã com um gosto de revanche. O Rubro-Negro, ainda muito desfalcado por conta dos infectados com Covid-19, recebe o Independente del Valle com nove ausências. A vitória no confronto desta noite vale a vantagem no retrospecto, além da liderança do grupo da Libertadores. O Del Valle e o Mais Querido estão empatados com o mesmo número de pontos, no entanto, o time equatoriano leva vantagem no critério de desempate e, por isso, ocupa a primeira colocação.

Publicado em colunadofla.com.