| Futebol

Apagão em Cariacica: Flamengo é eliminado pelo Palestino

Time chileno vence por 2 a 1 e avança às quartas de final da Copa Sul-Americana

flameng - Apagão em Cariacica: Flamengo é eliminado pelo Palestino

O Flamengo entrou em campo classificado. Com o placar de 1 a 0 obtido no Chile, precisava de um empate no Estádio Kleber Andrade para ir às quartas de final. Mas tudo se complicou. O time misto rubro-negro acabou levando dois gols no primeiro tempo, fez um, mas não teve forças para reagir e, ao levar 2 a 1, foi eliminado da Copa Sul-Americana pelo Palestino, que vai enfrentar o vencedor de La Guaira (Venezuela) x San Lorenzo, da Argentina, que se enfrentam hoje.

Foi a primeira derrota este ano no estádio de Cariacica (sete vitórias), resultado que também encerrou uma série invicta de oito jogos na temporada.

— A gente pagou um preço por um primeiro tempo muito abaixo do que vínhamos jogando. Depois, desconfigurou tudo, em virtude do cansaço — disse o técnico Zé Ricardo.

A vantagem do Flamengo não durou 45 minutos. Com atuação apática diante de um adversário rápido, que impôs um ritmo ao qual o rubro-negro jamais se acostumou no primeiro tempo, o time levou o primeiro golpe aos 32 minutos. Na falta frontal cobrada cobrada com efeito por Valencia, a bola bateu na trave. No rebote, Cereceda marcou.

A prova da desatenção veio com o segundo gol. Já nos acréscimos, aos 46, o time não resistiu ao contra-ataque veloz do Palestino, que acabou em chute de Valencia de fora da área no canto direito de Muralha, um tanto atrasado no lance.

Atordoado, o time foi para o intervalo atrás de explicações.

— A gente está marcando muito atrás. Não estamos conseguindo segurar a bola na frente — disse Alan Patrick.

Zé Ricardo achou melhor não mexer. Mas percebeu que não daria para seguir adiante daquela forma. Somente aos 11 do segundo tempo trocou Cuéllar por Mancuello. Depois, Emerson entrou no lugar de Marcelo Cirino.

O rubro-negro passou a pressionar, a ser mais incisivo, a jogar mais perto da área. E foi dentro dela que Pará foi derrubado por Valencia. Alan Patrick bateu o pênalti no canto direito de González e diminuiu, aos 20.

TRAVE SALVA O TERCEIRO

O Flamengo precisava de mais um gol para se classificar. O Palestino se fechou para sair no contra-ataque. Preso na marcação, Guerrero deu lugar a Felipe Vizeu na tentativa de furar o bloqueio. Mas a retranca continuava intransponível. E com o passar do tempo, o Palestino começou a avançar para tentar liquidar o jogo. E poderia ter feito o terceiro aos 40, mas o chute de Valencia, após boa tabela com Cereceda, bateu na trave.

Fonte: http://oglobo.globo.com/esportes/apagao-em-cariacica-flamengo-eliminado-pelo-palestino-20198319

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.