| Futebol

Apesar de chegada de Conca, dirigente diz que Fla não se vê obrigado a negociar um estrangeiro

Conca é o sexto estrangeiro do elenco do Flamengo. No Brasileiro, clube só pode relacionar cinco gringos por partida. Porém, Rubro-Negro não se mostra preocupado com isso

flameng - Apesar de chegada de Conca, dirigente diz que Fla não se vê obrigado a negociar um estrangeiro

A chegada de Conca não está condicionada à saída de um estrangeiro do elenco do Flamengo. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) permite que os clubes relacionem apenas cinco estrangeiros por partida, mas isso não preocupa o Rubro-Negro, que tem seis atletas de fora do país no elenco: Donatti, Trauco, Cuéllar, Mancuello, Conca e Guerrero. O vice-presidente de futebol do clube, Flávio Godinho, minimizou a situação em contato com a reportagem do LANCE!.

- Essa questão dos estrangeiros precisa ser bem difundida: não há limites na Libertadores. No Brasileiro também você pode inscrever quantos quiser, desde que relacione até cinco por jogo. Nada impede que o Flamengo tenha dez estrangeiros no seu elenco - disse o dirigente.

O Flamengo ainda observa o mercado e tem o paraguaio Cecilio Dominguéz como uma das opções para reforçar o setor ofensivo. O jogador de 22 anos foi o artilheiro da última Copa Sul-Americana, pelo Cerro Porteño, mas está muito valorizado. O presidente do clube paraguaio disse, recentemente, que recebeu uma proposta oficial do Rubro-Negro.

Dos estrangeiros que terminaram a temporada anterior no Flamengo, somente Guerrero é titular. Cuéllar terminou o ano em baixa, tendo poucas chances com Zé Ricardo. Especula-se que o Atlético-MG esteja interessado no jogador, mas ainda não há nada oficial.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/apesar-chegada-conca-dirigente-diz-que-fla-nao-obrigado-negociar-estrangeiro.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.