Apesar de esforço do Fla, Diego regride e fica fora de decisão na Libertadores

Apesar de esforço do Fla, Diego regride e fica fora de decisão na Libertadores

O Flamengo correu contra o tempo para ter Diego na decisão de amanhã contra o San Lorenzo, mas o esforço feito pelo meia acabou lhe obrigando a voltar algumas etapas no processo de recuperação.

Depois de fazer trabalhos com bola no campo, o camisa 10 retornou para a academia e fez algumas sessões de fisioterapia, o que tornou inviável a sua participação no jogo da Libertadores.

A façanha de ver Diego de volta era grande. O prazo de quatro a seis semanas para a volta depois da cirurgia no joelho direito começou a ser cumprido exatamente ontem. Nos últimos dias, o meia havia relatado que faria de tudo para estar à disposição.

Agora, Diego tem mais duas semanas para entrar em ação. O que lhe dá condições de retornar a tempo da segunda partida das oitavas de final da Copa do Brasil, dia 24 de maio.

Até lá, o meia perderá pelo menos mais dois jogos no Campeonato Brasileiro. Seu retorno nesta competição pode acontecer no clássico contra o Botafogo, dia 4 de junho. Contudo, o prazo fixo não será mais importante que a evolução do atletas pelas etapas. Se apresentar cansaço ou algum incômodo, será reavaliado e os exercícios serão adaptados.