A maior delas é o jejum contra os cruz-maltinos. Desde que chegou à Gávea, o peruano atuou em nove ocasiões contra o Vasco e não marcou nenhum gol. O jejum permanece, uma vez que as redes foram balançadas por Everton, na noite do último sábado. As razões para lamentar, porém, não param por aí.

O camisa 9 rubro-negro recebeu seu terceiro cartão amarelo, portanto não poderá encarar o Grêmio na quinta-feira, em plena Ilha do Urubu. Como se não bastasse, depois de um choque com Henrique, Guerrero deixou o campo com um enorme galo na nuca, dando lugar a Leandro Damião. Mesmo fora da próxima rodada, o atleta será reexaminado pelo departamento médico do Fla para que não haja qualquer risco adiante. A vitória veio, mas a muito custo e sacrifício.