• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Após declarações polêmicas, torcedor que pagou multa por Rodinei nega interesse em ‘incentivar’ o São Paulo: “Calor do momento”

A partida entre Flamengo e Internacional, que aconteceu no último domingo (21), está dando o que falar. Isso porque, além da vitória rubro-negra, por 2 a 1, o duelo ficou marcado por muitas polêmicas, seja dentro ou fora das quatro linhas. Uma delas envolveu o torcedor Colorado que pagou a multa de Rodinei. Após declarar que faria ‘incentivo’ ao São Paulo, a fim de evitar que o Fla se sagre campeão, Elsumar Maggi adotou postura cautelosa e comentou que foi no ‘calor do momento’.

Por certo, como mencionado, após o apito final, o torcedor ilustre deu entrevista à Rádio Gaúcha ZH e não poupou atitudes polêmicas. Na ocasião, Elusmar comentou que ia ‘injetar dinheiro no São Paulo’ para que o clube paulista estragasse a festa rubro-negra. Isso porque, com a situação da tabela, uma vitória no Morumbi garante o título ao Flamengo. Além disso, o Colorado criticou muito a arbitragem, que tirou o lateral Rodinei do confronto após dura entrada em Filipe Luís.

Dessa forma, após a má repercussão das falas, Elusmar decidiu adotar postura tranquila e se distanciar dos acontecimentos do Maracanã. Em pronunciamento ao UOL Esporte, o Colorado comentou que estará sempre na torcida pelo Internacional, mas que as declarações foram equivocadas. Em suma, o torcedor colocou ‘panos quentes’ na situação, visto que poderia prejudicar futuros negócios.

CONFIRA O PRONUNCIAMENTO NA ÍNTEGRA:

Como qualquer colorado, fui impactado pela partida de domingo (21) no Maracanã. O amor pelo clube me moveu a fazer uma doação espontânea com intuito de ajudar, de fazer a minha parte na busca pelo título. Depois de tudo que aconteceu, com o lamentável erro do árbitro e do VAR, e a derrota que deixa o título mais difícil agora, me manifestei sem pensar. Envolto em emoção, afirmei que poderia participar da última rodada com aporte financeiro ao São Paulo, algo que considero equivocado. Sei que não é ético, aceitável, nem necessário este tipo de coisa, já que o São Paulo, como grande clube que é, não precisaria de qualquer incentivo para tentar a vitória. Peço desculpas pelas palavras.

Publicado em colunadofla.com.