| Futebol

Após finais em 2015, Fla e Bota sub-20 iniciam nova decisão: a da Taça Rio

Invicto na Taça GB e dono da melhor campanha, Alvinegro aposta no artilheiro Renan Gorne; campeão da Copinha e do Carioca, Rubro-Negro é o mandante neste sábado

flameng - Após finais em 2015, Fla e Bota sub-20 iniciam nova decisão: a da Taça Rio

De um lado o atual campeão carioca e da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Do outro, o último vencedor do OPG e da Taça Guanabara, dono da melhor campanha e do artilheiro do estadual. Às 10h, no Laranjão, em Nova Iguaçu, Flamengo e Botafogo sub-20 fazem a primeira partida da final da Taça Rio - o duelo de volta está marcado para o dia 31, às 15h, na Arena Botafogo. Vencedor do primeiro turno, o Glorioso leva o Carioca se derrotar o arquirrival nestes dois jogos. No ano passado, as equipes decidiram ambos os turnos da competição, e o Rubro-Negro levou a melhor nos dois.

Autor de um dos gols nos 3 a 1 sobre o Vasco na terça-feira passada, resultado que levou o Fla à final do returno, Cafu lamenta o fato de não poder contar com a Gávea, entregue para os Jogos Olímpicos, mas acredita que a torcida rubro-negra pode fazer a diferença em Nova Iguaçu.

- Será um jogo muito importante para nós. Apesar de não jogarmos na nossa casa, sabemos a força que a torcida do Flamengo tem. Sei que eles estarão em peso no Laranjão. Viemos de uma vitória convincente sobre o Vasco e vamos manter essa pegada para conquistar um bom resultado nesse primeiro jogo - afirmou o camisa 7, que soma cinco gols no Carioca.

Camisa 10 do sub-20 rubro-negro, Matheus Sávio está de volta ao time após cumprir suspensão na partida contra o Vasco. Sávio espera tirar proveito do fato de já ter enfrentado o Botafogo quatro vezes neste ano - com uma vitória, duas derrotas e um empate. E tem uma certeza: o duelo não será nada fácil.

- Pretendemos nos impor no jogo e procurar sair com um resultado positivo para ter a vantagem do empate na volta, que será na casa deles. Estamos confiantes que podemos conseguir. O Botafogo tem uma equipe muito qualificada e que nós conhecemos bem por já termos enfrentado algumas vezes neste ano. Todo jogo contra eles é muito disputado, ainda mais numa final. Não teve nenhum jogo fácil, tanto para um lado quanto para o outro - completou Sávio, que tem quatro gols na competição.

A principal arma alvinegra é Renan Gorne, artilheiro do Campeonato Carioca com 20 gols marcados. Em quatro jogos contra o Flamengo, o camisa 9 deixou sua marca duas vezes, uma na vitória por 2 a 1 na Taça Guanabara e outro na semifinal do mesmo turno. O último, aliás, foi responsável por eliminar o arquirrival. Não se considera carrasco, mas admite que é especial balançar a rede rubro-negra.

- Acho que é mais coincidência mesmo. Sempre que vou pra qualquer jogo tento fazer pelo menos um gol, acho que todos atacantes pensam assim. E coincidentemente eu tenho feito gols decisivos contra eles. E fazer gol em clássico tem um gostinho especial. Espero manter esse repertório. Queremos o título da Taça Rio para liquidar de vez o Carioca. É algo que ainda nao aconteceu no clube, ganhar o dois turnos de uma vez e ser campeão direto. Sabemos que não será fácil, pois a equipe do Flamengo tem suas qualidades, virtudes e além de ser outra equipe grande do Rio, não é à toa que chegaram na decisão - afirmou Gorne.

Também atacante, Pachu adota discurso semelhante ao do goleador alvinegro: o ineditismo de uma conquista direta do Carioca sem necessidade de uma final da competição seduz o grupo do Botafogo. Mas a excelente campanha de sua equipe não faz com que o garoto se acomode.

- O grupo está bem focado em ser campeão direto, pois seria algo inédito para gente, então iremos muito firmes. Estamos preparados. Os números são legais, mas não adianta nada se não formos campeões.  Dando tudo certo, aí sim, eles vêm como a cereja do bolo (risos), mas temos que pensar no título, o resto é consequência - completou.

Flamengo x Botafogo

Local: Laranjão, em Nova Iguaçu (RJ)

Data e horário: sábado, às 10h (de Brasília)

Flamengo: João Lopes, Klebinho, Dener, Igor e Michael; Hugo, Trindade e Matheus Sávio; Cafu, Lucas Silva e Fabrício.

Botafogo: Lucão; Marcinho, Marcelo, Helerson e Victor Lindenberg; Bochecha, Matheus Fernandes(Jordan), Yuri e Alison (Mauro Gabriel); Pachu e Renan Gorne.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/rj/futebol/campeonato-carioca/noticia/2016/07/apos-finais-em-2015-fla-e-bota-sub-20-iniciam-nova-decisao-da-taca-rio.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.