| Futebol

Após fratura, Diego Alves ficará fora por, pelo menos, oito semanas

Márcio Tannure, médico do Flamengo, diz que goleiro precisará passar por cirurgia - que acontece neste sábado - e comissão técnica espera contar com ele no início do próximo ano

flameng - Após fratura, Diego Alves ficará fora por, pelo menos, oito semanas

O goleiro Diego Alves ficará, ao menos, dois meses longe dos gramados. Segundo Márcio Tannure, médico do Flamengo, o camisa 1 terá de passar por uma cirurgia, que será realizada neste sábado, no Rio de Janeiro, e a comissão técnica espera o retorno já no início do ano que vem.

- O Diego Alves sofreu um trauma, realizou os exames que confirmaram nossa suspeita de fratura no ombro direito. O tratamento é cirúrgico. Ele será operado amanhã (sábado) no hospital Samaritano, aqui na Barra (Zona Oeste do Rio de Janeiro). O tempo de retorno esperado é de cerca de oito semanas para essa cirurgia. Temos a expectativa de que no ano que vem esteja apto para retomar as atividades dele - disse.

Tannure aproveitou para explicar o porque de a escolha por um processo cirúrgico, explicando que Diego Alves ficará com o braço imobilizado por duas semanas.

- É uma fratura que, em alguns casos, poderia ser tratado conservadoramente, mas optamos pela cirurgia. Até para tentar evitar qualquer possível consequência negativa do ato cirúrgico. Inicialmente, fica com o braço imobilizado, mas acreditamos que tudo correndo bem, num prazo de 15 dias, a gente já possa voltar a trabalhar com ele numa bicicleta, mas sem utilizar o ombro - afirmou.

Diego Alves se machucou em uma dividida durante a partida contra o Junior Barranquilla (COL), pela semifinal da Sul-Americana, na última quinta-feira.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/apos-fratura-diego-alves-ficara-fora-por-pelo-menos-oito-semanas.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.