Após pedido de clube chinês, Conca encerra passagem pelo Flamengo

Após pedido de clube chinês, Conca encerra passagem pelo Flamengo

Chegou ao fim a passagem de Conca no Flamengo. O meia foi liberado pelo Rubro-Negro após pedido do Shanghai SIPG, clube da China que detém os direitos do meia argentino e conta com o jogador para o ano que vem Contratado por empréstimo de um ano, Conca atuou por apenas 27 minutos na temporada (15 minutos pelo Campeonato Brasileiro e 12 pela Primeira Liga).

Quando acertou com o Flamengo, Conca ainda se recuperava de uma ruptura no ligamento cruzado do joelho esquerdo. Depois de alguns meses de tratamento, o argentino estreou com a camisa rubro-negra na vitória por 2 a 0 sobre a Ponte Preta, pelo Campeonato Brasileiro, em junho. Antes de entrar em campo, os salários de Conca eram financiados pelo Shanghai SIPG.

No meio do ano, Conca chegou a ter um desentendimento com Zé Ricardo, então técnico do Flamengo e se chegou a cogitar, inclusive, uma saída precoce do jogador. Na época, a briga entre eles teve como estopim uma conversa em que Conca pediu para ser escalado no clássico com o Botafogo. Ao não ser atendido, o argentino faltou o treino da véspera da partida.

Quando foi contratado, Conca chegou a ser um dos protagonistas de uma brincadeira do Fla, que publicou uma foto da Florida Cup em que aparecia o meia (à época no Fluminense), Guerrero (então no Corinthians) e o Mickey com a legenda: “Só falta o Mickey”.