A chegada do meia Diego, que estreou pelo Fla em setembro, o bom momento no Brasileirão e a volta ao Maracanã foram os principais responsáveis por impulsionar o aumento do número de sócios-torcedores. Outubro foi o mês que registrou o maior crescimento, com 18 mil novos associados, e levou o Rubro-Negro a ter o maior acréscimo do país pelo segundo mês consecutivo. 

Segundo o ​Lance!, o Flamengo proporcionou mais de 300 ações aos sócios-torcedores em 2016. Um total de mais de 5800 membros do programa participaram dos eventos, que aconteceram em nove estados do país e até no Chile. O time encerrou sua participação na temporada no último domingo, em um empate em 0 a 0 com o Atlético-PR na Arena da Baixada.