• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Após ‘renascer’ com Jorge Jesus, Arão diz ainda não ter noção da história que tem escrito pelo Flamengo

O ano de 2019 foi desafiador para o jogador Willian Arão. Criticado no início da temporada, o volante do Flamengo se transformou em um dos nomes de confiança da equipe Rubro-Negra no setor defensivo. Com a chegada do técnico Jorge Jesus ao comando da comissão técnica, o camisa 5 do Mais Querido mostrou uma rápida evolução tática e conquistou os milhões de apaixonados pelo Flamengo.

Além do progresso nos gramados, Willian Arão também marcou o seu nome na história do Flamengo, fazendo parte das conquistas do bicampeonato da Taça Libertadores e Hepta Campeonato Brasileiro. No entanto, parece que a ficha do jogador ainda não caiu. Questionado se teria noção de que se tornou ídolo do clube Rubro-Negro, o volante demonstrou não entender ainda a dimensão de tudo que já viveu pelo Mais Querido.

Confira a publicação:

Assim como foi vitorioso na temporada passada pelo Flamengo, Willian Arão também começou o ano de 2020 acumulando taças para o seu currículo. Em menos de um mês, o camisa 5 da equipe Rubro-Negra já conquistou três títulos, Supercopa do Brasil, Taça Guanabara e Recopa Sul-Americana. No início da temporada, o jogador renovou o seu vínculo contratual com o Mais Querido para até dezembro de 2023.

Publicado em colunadofla.com.