Após resultado 'aquém do esperado', Barbieri projeta vitória do Fla fora

Após resultado 'aquém do esperado', Barbieri projeta vitória do Fla fora

A decepção pelo empate do Flamengo em casa, 1 a 1 com o Santa Fe nesta quarta-feira, ficou clara na entrevista do técnico Maurício Barbieri. Após o confronto no Maracanã, o interino não escondeu a frustração pelo resultado, mas demonstrou confiança em recuperar os pontos perdidos como visitante.

- Foi um resultado aquém do esperávamos, mas temos condições de buscar fora. Já provamos contra o Emelec. O pensamento é esse: buscar na Colômbia o que deixamos de vencer aqui - analisou o técnico, ainda interino, do Flamengo.

A explicação para o empate em casa, na visão de Maurício Barbieri, passa por vários fatores, não apenas pela ausência da torcida no Maracanã, por exemplo.

- Se houvesse uma resposta simples, seria muito fácil. São muitos fatores que contribuíram. Numa infelicidade tomamos o gol, e a equipe sentiu. Eles voltaram ainda mais fechados e nós nos acertamos para não sofrer contra-ataques. Não produzimos tanto o quanto queríamos, mas tivemos chances de gol, só que não conseguimos marcar o segundo (gol) - afirmou Barbieri.

Apesar de não ser o esperado, o resultado ainda deixou o Rubro-Negro na liderança do Grupo 4, com cinco pontos. O Santa Fe, com três é o segundo, enquanto River Plate, com dois, e Emelec, com um, completam a chave. A equipe argentina visita o time equatoriano nesta quinta pela terceira rodada.

A chance de recuperar os pontos perdidos em casa - o Flamengo empatou os dois jogos que fez como mandante na Libertadores-2018 - já será na próxima quarta. Em Bogotá, às 21h45, o Rubro-Negro encara o Santa Fe no El Campín.

Confira outras respostas do técnico Maurício Barbieri:

Impacto da ausência da torcida

Afeta (sem torcida). Ambiente diferente, não tem a motivação extra, isso fez falta. Não foi o fator preponderante.

Como isso foi tratado dentro do vestiário

A gente conversou. É uma questão que sabíamos, conversamos antes do jogo. A motivação tinha que vir ainda mais da gente, mais atenção por não contar com o apoio da torcida.

Substituição de Lincoln por Henrique Dourado

A gente tentou ajustar o posicionamento para a bola chegar mais no centroavante. Dourado estava com dificuldade por não ter a mobilidade do Lincoln. Apesar da idade, é um grande jogador e de muita técnica.

Dificuldade após o gol sofrido

Depois do gol, Santa Fe recuou ainda mais. No primeiro tempo, os volantes saíram e encontramos mais espaços. Não conseguimos mais ter tanto espaço por dentro, faltou encontrar os espaços nas laterais. Não tivemos efetividade para isso.