• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Aposta frustrada de Ceni, Gustavo Henrique mantém nível baixo na zaga e abre brecha para mudanças

No último domingo (10), o Flamengo perdeu para o Ceará por 2 a 0, e se distanciou ainda mais da briga pelo título brasileiro. O revés foi duplamente frustrante para o Mais Querido, visto que o líder, São Paulo, tropeçou novamente e deu brecha para nova chegada do Fla. Entre as mudanças promovidas por Ceni, Gustavo Henrique ganhou mais uma oportunidade, mas decepcionou outra vez, e foi substituído no intervalo. Com isso, a vaga no ‘miolo’ de zaga, ao lado de Rodrigo Caio, segue em aberto.

Curiosamente, antes do confronto diante do Ceará, tudo indicava que Natan manteria a sequência como titular. Porém, logo antes da partida, informações deram a mudança na zaga como certa, e Gustavo Henrique reassumiu a vaga. Apesar de nova oportunidade, o camisa 2 manteve os mesmos erros que o atormentaram anteriormente, e não conseguiu recuperar o bom futebol. Dessa forma, naturalmente, a titularidade deve cair nos braços da joia rubro- negra.

Apesar do ‘favoritismo’, outras peças podem voltar ao time titular contra o Goiás. Entre elas, Léo Pereira e Matheus Thuler seriam reservas naturais mas, com a indefinição, se tornam candidatos. Porém, o ex-Athletico não atua com Ceni há quase dois meses, e parece ter sido esquecido pelo treinador rubro-negro. Além disso, Thuler também vive um grande jejum, visto que não veste o Manto Sagrado desde a partida diante do Racing, na Argentina. Em suma, as chances de retorno da dupla são remotas.

Por certo, Ceni precisará acertar um sistema que, nos últimos dois jogos, cometeu erros difíceis de serem defendidos. O próximo compromisso do Flamengo é diante do Goiás na próxima segunda-feira (18), às 20h (horário de Brasília), na Serrinha, em Goiânia. A partida terá exibição do Premiere FC, mas o Coluna do Fla traz a transmissão mais rubro-negra da internet, com Rafa Penido no comando.

Publicado em colunadofla.com.