| Futebol

Arão reencontra o Corinthians, e técnico decisivo em melhora explica: 'Tiramos a tampa'

flameng - Arão reencontra o Corinthians, e técnico decisivo em melhora explica: 'Tiramos a tampa'

Em alta no Flamengo, o volante Willian Arão vai reencontrar o Corinthians neste domingo, em São Paulo, pela décima terceira rodada do Brasileirão. Revelado pelo São Paulo, o atleta foi contratado pelo Alvinegro em 2011, mas não conseguiu deslanchar por lá.

Arão participou, como reserva, de importantes títulos do Corinthians, como a Libertadores de 2012 e o Mundial daquele ano. No entanto, ele enfrentava fortíssima concorrência, já que os titulares, na época, eram Ralf e Paulinho, dois jogadores que tinham a confiança de Tite e também da Fiel. Por isso, o volante foi emprestado sem ser muito utilizado no Parque São Jorge.

Depois de passar timidamente por outros três clubes, Arão chegou ao Botafogo no ano passado, onde desabrochou e virou outro jogador, muito mais ofensivo e com facilidade para fazer gols. Responsável pela indicação do atleta ao Glorioso, o técnico René Simões conta como ajudou o comandado, antes tímido, a mudar completamente de característica.

– Eu conhecia a trajetória dele e o indiquei ao Botafogo. Ele sempre foi este jogador que agora está demonstrando. O que fizemos foi destampar, tirar a tampa. Aí, ele passou a colocar tudo o que tinha para fora. Ele tem um jogo pensado, era calado e passou a falar, se impor e hoje é capitão do Flamengo, com 24 anos. Não é fácil chegar e, somente em seis meses, assumir a braçadeira deste clube – disse o treinador ao LANCE!.

Arão era descrito pelo mesmo René Simões como um “romântico”, numa referência ao estilo de jogo parecido com jogadores do passado, pela facilidade em sair jogando de cabeça erguida. Reserva por um bom tempo no Corinthians, ele já contou ter aprendido a roubar bolas com Ralf e a sair jogando com Paulinho. Curiosamente, a inspiração de Arão é outro jogador que jogava como volante no Alvinegro: Vampeta.

Assim como o ídolo, que fez história na Seleção Brasileira, Arão já anda sonhando com a Amarelinha.

– Penso (em Seleção) com o professor Tite e pensava com o Dunga. Já trabalhei com ele, venho evoluindo. No ano passado, acho que fiz boa temporada, acho que estou fazendo de novo. Visto uma camisa grande, e o Flamengo faz um bom campeonato. Obviamente, é o sonho de todo jogador – disse.

Para chegar lá, Arão terá de convencer Tite, com quem jogou pouco no Corinthians. Ele já fez cinco gols no Flamengo e vem sendo muito elogiado, considerado a melhor contratação do clube no ano.

SEM BRILHO EM EMPRÉSTIMOS

Sem brilho no Corinthians, Arão foi emprestado pelo clube paulista em agosto de 2013. A primeira experiência foi na Portuguesa, onde ficou pouco tempo. Em 2014, o volante defendeu a Chapecoense, mas não demonstrou brilho e voltou ao Corinthians. Contudo, foi cedido, novamente, por empréstimo ao Atlético-GO naquele mesmo ano, quando disputou a Série B.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/arao-reencontra-corinthians-tecnico-decisivo-melhora-explica-tiramos-tampa.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

1 Comentário

Antonio RenatoHá 5 meses

Imagina 4-4-2 com um meio-campo composto por W. Arão, Ronaldo, Alan e Mancuello. SRN

Carregar mais