Árbitro de vídeo será utilizado a partir das quartas de final na Copa do Brasil

Árbitro de vídeo será utilizado a partir das quartas de final na Copa do Brasil

A CBF deu um passo largo para evitar confusões à beira do gramado por conta da arbitragem. Nesta quinta-feira (19 de abril), a entidade máxima do futebol brasileiro acertou com a Broadcasting Televisão LTDA para a operação do árbitro de vídeo a partir das quartas de final da Copa do Brasil desta temporada.

A empresa conquistou a licitação após concorrer com outras oito marcas da mesma área. A decisão levou em conta uma série de documentos entregues até o último dia 5 de março por empresas concorrentes. A validação passou pela Comissão da Concorrência, Diretoria de competições e da Comissão de Arbitragem da CBF.

O treinamento dos profissionais foi realizado entre setembro e outubro. Foram realizados 24 jogos-treinos e uma série de lances importantes ao longo dessas partidas. Os treinos foram realizados na Suíça e no Paraguai. A ferramenta poderá ser utilizada em quatro situações: gol/não gol; pênalti/não pênalti; cartão vermelho direto indevido e identificação errada de atleta punido.