| Futebol

Arena da Ilha, o elemento que falta

flameng - Arena da Ilha, o elemento que falta

Em 2016 o Flamengo e os grandes clubes do Rio viveram o dilema de não poder jogar em casa. E em 2017 esse problema ainda atrapalha a dupla Fla x Flu, já que o imbróglio do Maracanã ainda espera uma resolução.

Após correr o Brasil inteiro de Norte a Sul viajando, o time conseguiu surpreender e fazer uma excelente campanha no Brasileirão, mesmo não tendo uma casa fixa para jogar. E quando eu falo surpreender não é só figura de linguagem, isso porque olhando a tabela final do campeonato, entre os 10 primeiros, o único clube que não tinha “sua casa fixa” era o Flamengo. Um clube que viajou 130.000 km, o equivalente a dar 3 voltas ao mundo, e perdeu 46 dias de treino ao longo do ano, conseguir chegar ao final de uma competição brigando pelo título, é sim surpreendente.

Para não passar por esse mesmo perrengue, o clube corre para finalizar a Arena da Ilha, e precisa correr mesmo, neste ano já jogamos em diversas praças, algumas bem receptivas como Cariacica, já outras extremamente deprimentes, como Volta Redonda. É preciso correr para termos um porto seguro, já que o Maracanã fica a cada dia mais distante do futebol.

Ter um lugar fixo para jogar não somente é bom financeiramente ou fisicamente, como também é extremamente importante futebolisticamente falando, ajuda a dar ritmo e intensidade de jogo aos jogadores. É aquilo que chamamos de “fator casa”, dos 5 primeiros colocados no Brasileirão ano passado, o Fla era o que tinha o menor aproveitamento jogando dentro de casa, algo em torno de 75%, o que era considerado bom, para quem sempre precisava viajar mesmo para jogar tendo o mando de campo.

A Arena da Ilha é a solução que todos aguardamos, o estádio mesmo pequeno, está sendo construído para fazer diferença. Pensado para ser um modelo “caldeirão”, o Fla deve mandar boa parte de seus jogos lá, o campo será bem próximo da arquibancada, o que fará que os jogadores adversários se sintam sufocados, e os nossos com a torcida empurrando o time e pressionando para que os jogadores deem seu melhor sempre.

É ai que entra o papel da torcida, com um esquema feito para privilegiar o espetáculo, a torcida será o 12º jogador, tenho certeza de que o desempenho do time irá melhorar após podermos usar o estádio, os times precisam temer quando forem jogar contra o fla, fazer eles sentirem na pele como é enfrentar a maior torcida do mundo, porque a maior torcida do mundo faz a diferença, pois isso aqui é Flamengo!

E em sua opinião? Qual a importância do estádio Arena da Ilha para o Flamengo? Fará diferença? Deixe sua resposta nos comentários. 

Twitter… Siga-me os bons! @ma_theusantos

Matheus Gonzaga. SRN!

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2017/04/arena-da-ilha-o-elemento-que-falta/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.