| Futebol

Artilharia aérea: com cheiro de gol, Réver e Vaz mudam a cara da zaga do Flamengo

flameng - Artilharia aérea: com cheiro de gol, Réver e Vaz mudam a cara da zaga do Flamengo

Por vezes, a defesa é o melhor é ataque. Este é o caso do Flamengo atualmente. Com a nova dupla de zaga formada por Réver e Rafael Vaz, o Rubro-Negro foi eficiente no jogo aéreo contra o Cruzeiro, no Mineirão, e voltou ao Rio com uma vitória de 1 a 0. O gol da partida foi marcado por Réver, de 31 anos, que sempre foi conhecido pela facilidade em balançar a rede por onde passou. Ao lado dele, o ex-vascaíno também tem ótimas credenciais como zagueiro-artilheiro.

Réver chegou mostrando seu cartão de visitas no Flamengo, mesmo vindo de um período ruim no Internacional. Apesar de ter jogado pouco e amargado a reserva, ele deixou o Colorado com três gols marcados. Antes, pelo Atlético-MG, fez 22. Até o ano passado, ele era o maior zagueiro-artilheiro da história do clube, mas foi ultrapassado pelo ex-companheiro Leonardo Silva. Em seu primeiro jogo no Rubro-Negro, foram quatro finalizações.

Com 1,92m, Réver tem facilidade para subir nas jogadas aéreas e era sonho do técnico Muricy Ramalho no Flamengo, desde o fim do ano passado, quando o treinador assumiu o time. No entanto, na época, o Internacional não aceitava negociá-lo.

O técnico Zé Ricardo, ainda não efetivado no comando da equipe, avaliou a estreia de Réver no Flamengo como muito positiva.

– A atuação dele foi muito boa. Ainda tem a crescer, mas é experiente, vitorioso e tudo isso vem agregado à força defensiva e ofensiva e liderança. O grupo do Flamengo é jovem e carecia de mais experiência. Réver vai ajudar. Eu espero que ele seja muito feliz aqui – disse o treinador em entrevista coletiva.

Em seu segundo jogo como titular no Flamengo, Rafael Vaz também deixou boa impressão. Tem sido importante nas roubadas de bola. Em apenas dois jogos, acumula sete desarmes. Ele também teve 18 rebatidas contra o Cruzeiro, enquanto Réver somou 14.

Mesmo com o sucesso inicial da nova dupla, o Flamengo segue em busca de um defensor que venha para assumir o posto de titular. Este zagueiro deve vir de países vizinhos ao Brasil, mas o Rubro-Negro vem enfrentando dificuldades em várias frentes de negociação.

A última sondagem da diretoria foi por Jonathan Maidana, do River Plate e também da seleção argentina. Contudo, o defensor só deixaria o seu clube atual em caso de uma oferta extraordinário.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/artilharia-aerea-com-cheiro-gol-rever-vaz-mudam-cara-zaga.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.