• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

As diferenças do Flamengo que caiu na Copa do Brasil de 2019 para o atual ‘Flamengo de Dome’

Por: Higor Neves e João Pedro Granette

O Flamengo inicia na noite desta quarta-feira (28) a caminhada pelo quarto título da Copa do Brasil. A campanha na competição será iniciada justamente contra o Athletico-PR, equipe que eliminou o Mais Querido na mesma competição em 2019. Desde então, o Rubro-Negro Carioca passou para ‘outro patamar’, com títulos, contratações e alterações no elenco. A reportagem do Coluna do Fla compilou cinco das principais mudanças de lá até aqui.

Setor defensivo

Uma das principais diferenças entre as duas temporadas no confronto está na defesa do Flamengo. Em 2019, a última linha do Mais Querido contava com Diego Alves, Rafinha, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê.

Além das saídas do lateral direito e do camisa 43, o técnico Domènec Torrent não terá a presença de Rodrigo Caio para o duelo desta quarta-feira. O zagueiro retornou da Seleção Brasileira lesionado e desfalca o Mais Querido.

Diego Alves voltou a ser relacionado, mas terá de brigar por posição com Hugo Souza. O jovem goleiro do Mais Querido vive grande fase e tem boas chances de sair jogando. O restante da defesa deverá ser formado por Isla, Gustavo Henrique, Natan e Filipe Luís. Nenhum desses atletas estava em campo na eliminação da temporada passada.

Fator confiança

Jorge Jesus era o técnico do Flamengo na eliminação para o rival em julho do ano passado. O Athletico foi a única equipe que conseguiu eliminar a equipe comandada pelo treinador português em um mata-mata, mas vale ressaltar que era início de trabalho do europeu no Flamengo. Até aquele momento, o Rubro-Negro tinha apenas três jogos com o Mister e ainda oscilava.

Após o acontecido, o Rubro-Negro embalou na temporada e sob o comando de Jorge Jesus conquistou os títulos da Copa Libertadores e também do Campeonato Brasileiro. O Mister ainda foi campeão da Supercopa do Brasil, da Recopa Sul-Americana e do Campeonato Carioca antes de assumir o Benfica, de Portugal.

Mudança na comissão técnica

Jorge Jesus era apontado como um dos grandes responsáveis pelo vitorioso e rico futebol apresentado pelo Flamengo. Quando o treinador decidiu regressar a Portugal, para treinar o Benfica, e Domènec assumiu o comando, o Fla teve uma abrupta queda de rendimento, que chegou a preocupar a torcida.

Atualmente, porém, as coisas parecem ter entrado no eixo. Classificada às oitavas de final da Libertadores – na qual enfrentará o Racing – a equipe rubro-negra ainda divide a liderança do Brasileirão com o Internacional, uma vez que ambos têm 35 pontos. Em 20 jogos, o aproveitamento com a comissão técnica do espanhol é de 66,67%, com 12 vitórias, quatro empates e quatro derrotas, além de 37 gols marcados e 26 sofridos.

Time a ser batido

Na troca de comando de Jorge Jesus por Domènec Torrent, o Flamengo demorou para encaixar o sistema de jogo, mas aos poucos vem evoluindo na temporada. Mesmo sem estar na forma ideal, o Mais Querido está brigando pela liderança do Brasileirão, classificado para as oitavas da Libertadores e estreia nesta quarta-feira na Copa do Brasil.

Para os rivais, o Flamengo é o time a ser batido. O Mais Querido chega para o confronto contra o Athletico-PR defendendo uma invencibilidade de 11 jogos com Domènec Torrent. No Campeonato Brasileiro, as equipes se enfrentaram recentemente e o Rubro-Negro carioca venceu por 3 a 1, com gols de Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Pedro. Renato Kayzer fez o de honra para os paranaenses.

Novo artilheiro

O cara do Flamengo em 2019 foi Gabigol. O camisa 9 marcou 43 gols pelo Mais Querido e foi fundamental nas conquistas da Libertadores e do Brasileirão. Em 2020, Gabriel segue como referência no ataque, mas ganhou um concorrente com nível de Seleção Brasileira: Pedro.

Gabigol soma 16 gols na temporada, mas não entra em campo desde o duelo do Fla contra o Del Valle, pela Copa Libertadores da América. Na ausência do camisa 9, Pedro mostrou serviço e já soma 17 gols em 2020, sendo o artilheiro do elenco.

Publicado em colunadofla.com.