Apesar da expectativa por um bom resultado contra os colombianos, a escalação ainda não está definida por completo. Dois dos principais líderes do elenco rubro-negro podem retornar: Réver e Everton. Enquanto o zagueiro depende da evolução física (o treino da quarta-feira será determinante), o meia-atacante faz trabalho intensivo em dois períodos de fisioterapia e ainda não treinou em campo. Seu aproveitamento para o duelo é improvável.

Independentemente do time que for a campo, fato é que todos estão contando com o apoio da torcida. Até o fim da terça-feira, 25 mil ingressos já haviam sido comercializados:

"Nós somos muito mais fortes quando temos a torcida do nosso lado. Quando não temos é mais difícil. Mas eles vêm ao estádio e têm todo direito de protestar. Mas humildemente venho dizer aqui, quinta-feira temos um jogo importante. Algumas coisas aconteceram na temporada, não dá mais para voltar atrás. Peço a presença deles e que estejam ao nosso lado.Quando fazem isso a equipe se torna mais forte e nossas decisões em campo são mais positivos", pediu o meia Diego.

​​