• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Atacante do Atlético GO estranha Flamengo “muito calado” e pouco criativo

A atuação apática na derrota por 3×0 do Mais Querido diante do Atlético GO na noite da última quarta-feira (12) continua repercutindo até mesmo entre os jogadores adversários. Depois de Gustavo Ferrareis revelar ter sentido um Flamengo “devagar” em relação ao ano passado, foi a vez do do atacante Hyuri, autor do primeiro gol da partida, comentar a má atuação e o “silêncio” de um time que costuma ser tão competitivo.

– A gente percebeu que o Flamengo estava muito calado. Normalmente, um time muito competitivo não fica assim, não se coloca assim dentro de campo. Acima de qualquer postura do Flamengo, a gente tinha a nossa postura. A gente teve coragem de colocar nosso plano de jogo em prática. A gente não poderia parar pra ver o Flamengo jogar, então arriscamos tudo o que podíamos, mas de forma consciente.

 

O comentário foi feio nesta quinta-feira (13) em entrevista concedida ao programa Seleção SporTV. Além do silêncio, perceptível na transmissão sem público devido à pandemia do novo Coronavírus, a falta de criatividade dos jogadores de um Flamengo perdido dentro de campo também chamou a atenção do atacante do Atlético GO.

– Você tem um feeling dentro do jogo. Você consegue sentir o que a equipe está passando. Nossa equipe percebeu que o Flamengo, em diversos momentos, não sabia como furar nosso bloqueio, como passar por nós, nos envolver.

 

Publicado em colunadofla.com.