De acordo com a apuração da jornalista, a relação entre Carpegiani e os jogadores do elenco rubro-negro ficou estremecida por conta de Geuvânio. Saindo do banco de reservas, o atacante marcou dois gols na vitória do Flamengo por 4 a 0 sobre a Portuguesa-RJ, mas não foi relacionado para o jogo seguinte, contra o Fluminense.

O que incomodou Geuvânio e o grupo do Flamengo não foi exatamente o corte do atacante, mas a maneira pela qual ele aconteceu. O jogador só ficou sabendo que não seria relacionado para o clássico algumas horas antes da partida. Depois, na semifinal contra o Botafogo, o mesmo Geuvânio foi acionado por Carpegiani para tentar buscar o empate que daria a classificação ao Rubro-Negro, o que gerou incompreensão da diretoria do clube.

​​

​​