• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Atlético-MG vai entrar com pedido de exclusão do Flamengo do Campeonato Brasileiro

Palmeiras e Flamengo entraram em campo na tarde deste domingo (27), após uma série de polêmicas envolvendo o possível adiamento do jogo devido ao surto de covid-19 que atingiu o elenco rubro-negro. No entanto, a discussão dos bastidores não se limitou a paulistas e cariocas, e atingiu outras equipes do país. Inconformado com a situação, o presidente do Atlético-MG, Sergio Sette Camara, informou que vai dar entrada com um pedido de exclusão do Mais Querido do Brasileirão.

ASSISTA AO GOL DO FLAMENGO NA PARTIDA:

Em entrevista ao Terra, Sergio comentou sobre o uso da ‘justiça comum’ na tentativa de adiamento da partida e disse que o Flamengo descumpriu os protocolos da CBF, o que justifica o banimento do campeonato por ‘soberba’.

A lei vale para todos. O Flamengo se utilizou da Justiça comum para descumprir o protocolo da CBF e desrespeitar todos os outros 19 clubes da Série A, em mais um exemplo de soberba. Isso é passível de banimento. Tem de ser rebaixado automaticamente. O Atlético-MG vai entrar com um pedido à Procuradoria do STJD para a exclusão do Flamengo do Brasileiro. Deve ser realmente banido do campeonato -, afirmou.

Durante a indecisão acerca da partida, o TRT, Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro, impediu o Flamengo de treinar ou disputar jogos, o que adiaria a realização do jogo. Todavia, o TST, Tribunal Superior do Trabalho, acatou o pedido da Confederação Brasileira de Futebol e manteve a disputa.

Palmeiras e Flamengo empataram em 1×1 no Allianz Parque, em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Todo desfalcado, o Mais Querido entrou em campo com o time sub-20, conquistou um ponto e ocupa a sexta colocação da tabela.

Publicado em colunadofla.com.