| Futebol

Atuações: Marcelo e Luiz Antonio são os piores em péssima noite do Fla

Everton é o único se salvar em derrota por 3 a 0 para o Coritiba, pela Copa do Brasil. Base da reação no Brasileirão, setor defensivo mostra insegurança no Couto Pereira

Header_Flamengo_690 (Foto: Arte Esporte)

PAULO VICTOR - GOLEIRO
Fez defesas seguras. Deu sorte em uma bola no travessão, mas poderia ter saído do gol no lance do primeiro gol do Coritiba.
Nota 5,5

LUIZ ANTONIO - VOLANTE
Fora de posição, não conseguiu se encontrar e deu espaços. Também não apareceu no ataque como deveria e o time ficou sem opção para jogar pelo lado direito. Terminou sua participação com um gol contra. 
Nota 4

MARCELO - ZAGUEIRO
Um escorregão dentro da pequena área quase comprometeu sua atuação no primeiro tempo, que vinha sendo tranquila. Não conseguiu ser seguro pelo alto como nos outros jogos e marcou Leandro Almeida de longe no lance do primeiro gol. No segundo, não acompanhou a jogada que resultou no cruzamento para o gol contra de Luiz Antonio. E ainda cometeu um pênalti. 
Nota 4

CHICÃO - ZAGUEIRO
Acertou um belo lançamento no começo do jogo na melhor chance do Flamengo no primeiro. Melhorou a saída de bola do time. Defensivamente, sua cobertura foi ficando menos efetiva com o passar do tempo. 
Nota 5

SAMIR - ZAGUEIRO
Multiplicou-se em campo escalado como lateral-esquerdo. Apareceu fazendo cortes na entrada da área para evitar trocas de passes e chutes. Não mostrou o mesmo vigor no segundo tempo e sofreu com os ataques do Coritiba. 
Nota 5

AMARAL - VOLANTE
Correu muitas vezes errado na marcação pelo mau posicionamento. Apareceu atrás dos meias algumas vezes com dificuldade para acompanhar as jogadas. Com a bola no pé, não produziu. 
Nota 4,5

MÁRCIO ARAÚJO - VOLANTE
Demorou a entrar no jogo, mas quando apareceu pouco fez. Tocou a bola de lado e cometeu erros de passe. Sem conseguir ser objetivo nem colaborar com Luiz Antonio pelo lado direito. Nota 5

CANTEROS - VOLANTE
Entrou para melhorar o toque de bola do time, mas acabou envolvido no lance do gol, quando não conseguiu cortar a cobrança de escanteio que parou na cabeça de Leandro Almeida. Não se encontrou.
Nota 5

LUCAS MUGNI - MEIA
Prendeu muito a bola em pelo menos duas jogadas que poderiam ser perigosas. Não conseguiu superar a marcação, sempre pedindo a bola de costas para o gol.
Nota 5

PAULINHO - ATACANTE
A ideia da sua entrada era aproveitar a velocidade. No entanto, depois do gol, o Coritiba diminuiu ainda mais os espaços para o Flamengo contra-atacar. Mesmo assim, ainda criou algumas chances.
Nota 5,5

EVERTON - MEIA
Mais uma vez, um dos poucos jogadores do time a levar perigo à defesa adversária. Quase fez um belo gol no começo do jogo.
Nota 6,5

NIXON - ATACANTE
Ofensivamente não conseguiu aparecer, mas sua dedicação ajudou o time a sair de situações difíceis. Deu um carrinho salvador para desviar uma bola que ainda bateu no travessão.
Nota 5

GABRIEL - ATACANTE
Não mudou o poder ofensivo do time no segundo tempo. O Flamengo seguiu sem ser perigoso e em momento algum ameaçou o gol de Vanderlei.
Nota 5

EDUARDO DA SILVA - ATACANTE
Procurou se movimentar, mas faltou qualidade ao time para colaborar. Não conseguiu desenvolver um grande jogo, mais pela falta de companhia do que por erros. Mancando na metade do segundo tempo não teve como ajudar.
Nota 5,5

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.