| Futebol

Atuações: Wallace e Everton brilham no Fla; Cássio evita o pior para o Timão

Header_Flamengo_690 (Foto: Arte Esporte)

PAULO VICTOR - GOLEIRO
Tem demonstrado segurança há um bom tempo. Fica evidente a confiança que a zaga tem no goleiro a partir do momento em que não se priva de recuar a bola por inúmeras vezes. O Corinthians assustou pouco, mas sempre encontrou um goleiro bem posicionado
Nota: 6,5

LEONARDO MOURA - LATERAL-DIREITO
Suas últimas atuações seguem um padrão: muita precaução e eficiência defensiva, com subidas raras ao ataque. Contra o Corinthians, não foi diferente. O Flamengo sofre pouco em seu setor. Conseguiu alguns bons cruzamentos.
Nota:6,5

CHICÃO - ZAGUEIRO

Novo titular, na vaga de Marcelo, pareceu um pouco nervoso em alguns momentos contra o ex-time, errando passes que não costuma errar na saída de bola. Apesar disso, não comprometeu. Simplificou a maioria das jogadas, apelou para chutões quando necessário, e formou boa dupla com Wallace.
Nota:7

WALLACE - ZAGUEIRO
Melhor em campo disparado. Um monstro defensivamente, não perdeu quase nenhum lance no combate direto e foi perfeito nas bolas aéreas. De quebra, marcou o gol da vitória contra o ex-time em posição de impedimento.
Nota:8

JOÃO PAULO - LATERAL-ESQUERDO
Se preocupou mais em defender do que em atacar, e não deu espaços para Fágner. No setor ofensivo, praticamente se resumiu a ser o fiel escudeiro de Everton, que vive grande fase. Quando o atacante queria tabela, JP o fazia. Quando precisava somente de suporte, também.
Nota:6

CÁCERES - VOLANTE
Voltou ao time e manteve os 100% de aproveitamento com Vanderlei Luxemburgo. É vital para o meio-campo rubro-negro por conta da entrega na marcação. Não desiste de uma só jogada e ainda ajuda muito no jogo aéreo. Entretanto, ainda erra muitos passes.
Nota: 6,5

MÁRCIO ARAÚJO - VOLANTE

Manteve o padrão das últimas atuações. Arrisca pouco nos passes, mas faz seu papel e ajuda o time a girar o jogo para o lado esquerdo do campo. Funcionou novamente com Léo Moura no setor defensivo e chutou bonito para conseguir escanteio que resultou no gol de Wallace.
Nota: 6,5

LUIZ ANTONIO - VOLANTE
Precisa apenas mostrar que está plenamente recuperado dos problemas pessoais e da lesão no ombro para recuperar a condição de titular. Dá muito mais qualidade ao papel desempenhado por Márcio Araújo no 4-2-3-1 que Luxa tem armado o Flamengo. Atuou pouco, mas foi eficiente em contragolpes.
Nota: 6,5

CANTEROS - MEIA
Errou passes que não costuma errar e não se apresentou tanto ao ataque. Uma de suas atuações mais apagadas com a camisa do Flamengo. Poderia facilitar a saída de bola quando o Corinthians apertou a marcação no campo ofensivo.
Nota:5,5

AMARAL - VOLANTE

Entrou no fim para segurar o jogo, aumentar o poder de marcação e ajudou a obrigar o Corinthians a apelar para o chuveirinho.
Nota: 6

EVERTON - MEIA
Vive a melhor fase da carreira disparado. Muito confiante, não se priva de tentar lances individuais e leva a melhor sobre o marcador na maioria deles. Chega a impressionar como o Flamengo força o jogo por seu lado do campo. Quase marcou um golaço em arrancada, mas adiantou a bola no último drible e viu Cássio fechar o ângulo.
Nota:8

EDUARDO DA SILVA - ATACANTE
Péssima tarde para o croata. Apesar de mostrar a lucidez que lhe é comum com a bola nos pés, não conseguia colocar em prática o que pensava, com passes errados e alguma afobação. Tornou o gol de Wallace ilegal ao dominar bola que ia na direção do zagueiro, perdeu pênalti e desperdiçou bons contragolpes com o placar 1 a 0.
Nota:4,5

ALECSANDRO - ATACANTE
Completará nesta segunda-feira 50 dias sem marcar um gol com a bola rolando. Reveza bastante com Eduardo no posto de centroavante, sai da área para tentar participar mais do jogo, mas não vive boa fase. Péssimo nas finalizações.
Nota:5

ELTON - ATACANTE
Em sua segunda atuação com a camisa do Flamengo, foi bem quando participou do jogo na função de pivô. Foi ele quem arrumou a bola para Everton no lance que gerou o pênalti, e ainda cabeceou com perigo para defesa de Cássio.
Nota: 6

Header_Corinthians_690 (Foto: Arte Esporte)

CÁSSIO - GOLEIRO
Fez um ótimo jogo, apesar da derrota corintiana. Muito bem nas saídas, no tempo de bola e nos chutes de longe. Sem culpa no gol irregular, ainda pegou um pênalti. 
Nota: 7,5

FAGNER - LATERAL-DIREITO
Muito mal defensivamente e também nos cruzamentos. Deu espaço para Everton comandar o ataque do Flamengo pelo lado esquerdo durante todo o jogo
Nota: 4

GIL - ZAGUEIRO
Alguns sustos no primeiro tempo, bem no jogo aéreo na etapa complementar. Teve de sair de sua posição original para ajudar Fagner em grande parte da partida
Nota: 6

ANDERSON MARTINS - ZAGUEIRO
Muito seguro em cruzamentos e antecipações. Teve calma para fazer a saída de bola no campo defensivo, embora o Timão pouco tenha aproveitado
Nota: 6,5

FÁBIO SANTOS - LATERAL-ESQUERDO
Teve trabalho com Léo Moura em seu setor. No segundo tempo, teve de partir para o ataque, e sentiu dificuldades com a recomposição
Nota: 5,5

RALF - VOLANTE
Inverteu de posição com Elias em alguns momentos do jogo. Era a única referência de marcação, em um meio-campo que nada criava
Nota: 6

MALCOM - ATACANTE
Entrou para tentar aumentar o volume no ataque, mas teve poucas oportunidades. Com a bola, ao menos tentou ir para cima
Nota: 6,5

ELIAS - VOLANTE
Saiu pouco para o jogo e acabou não colaborando. Em um dia pouco inspirado dos armadores, limitou-se a arriscar chutes de longe na primeira etapa
Nota: 6

LODEIRO - MEIA
Muito lento na criação. Quando recebia a bola, demorava para raciocinar. Não entrou no ritmo do jogo.
Nota: 4

JADSON - MEIA

Teve pouquíssimo tempo para resolver a baixa criatividade do Corinthians. Sem culpa.
Nota: 6

RENATO AUGUSTO - MEIA
Um dos piores jogos que fez com a camisa do Corinthians. Errou quase tudo o que tentou e tornou o setor de criação da equipe inativo. Partida para esquecer.
Nota: 3

LUCIANO - ATACANTE
Na primeira chance real de gol do Corinthians, perdeu a oportunidade de abrir o placar. Encontrou dificuldades para achar o posicionamento ideal no campo
Nota: 4,5

ÁNGEL ROMERO - ATACANTE
O gol do Flamengo começou em um erro primário dele no meio-campo. Não conseguiu achar seu espaço no setor ofensivo e pouco colaborou.
Nota: 5

GUERRERO - ATACANTE
Buscou prender a bola e criar na ponta esquerda, principalmente no primeiro tempo. Acabou rendido pela atuação ruim do meio-campo alvinegro. 
Nota: 6

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.