| Futebol

Aumento do preço dos ingressos causa crise política no Flamengo

Decisão tomada principalmente por Bap cria divergências e ameaças de renúncia de cargos. Expectativa é de desdobramentos nesta terça-feira

Torcida Flamengo Maracanã (Foto: Celso Pupo / Agência estado)Torcida está apoiando o time no Campeonato Brasileiro (Foto: Celso Pupo / Agência estado)

O aumento no preço dos ingressos para o jogo contra o Corinthians gerou uma crise interna no Flamengo que pode levar a renúncia de cargos. Nesta terça-feira, a expectativa é de possibilidade de mudanças no que foi previamente divulgado. O departamento de futebol recebeu a informação com intensa irritação, principalmente depois do recorde de público alcançado no confronto com o Grêmio, já que a decisão de subir o valor foi tomada pela cúpula do clube.

Em sua apresentação como vice-presidente de futebol, Alexandre Wrobel havia prometido a manutenção dos preços, o que acabou não acontecendo. Do outro lado, a cúpula do clube mantém o discurso de que precisa bancar os custos do Maracanã e por isso aumentou o valor.

Vice-presidente de marketing, Luiz Eduardo Baptista, o Bap, é o maior defensor dos preços altos, com a justificativa da valorização do programa de sócio-torcedor. No entanto, houve uma queda de membros no primeiro semestre, que vem sendo resgatada de forma lenta com a recuperação do time no Campeonato Brasileiro.

No futebol, o técnico Vanderlei Luxemburgo já havia se manifestado favorável aos preços mais baixos e considerava importante o estreitamento entre time e torcida. Na ocasião, ainda estava na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Os jogadores, em várias oportunidades, também manifestaram seu desejo de ver os preços mais acessíveis.

Vanderlei Luxemburgo no Flamengo Arquivo (Foto: VIPCOMM)Vanderlei Luxemburgo defende os preços mais baixo para que o time receba o incentivo dos torcedores (Foto: VIPCOMM)

O mal-estar é grande. A reunião do Conselho Diretor realizada toda noite de segunda-feira pegou fogo. Dirigentes de peso questionaram a decisão tomada, principalmente, por Bap. A expectativa é de novos desdobramentos nesta terça-feira.

O Flamengo baixou os preços dos ingressos dos setores Norte (R$ 40), Sul (R$ 40) e Leste (R$ 60) nos jogos contra Botafogo, Sport, Atlético-MG e Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, e Coritiba, pela Copa do Brasil. Antes, havia enfrentado o São Paulo no Maracanã com preços a R$ 60 para Norte e Sul, R$ 80 para o Leste Superior e R$ 100 para o Leste Inferior.

Contra o São Paulo, o Flamengo ficou com 31,1% da renda bruta. Foram ainda 34,1% no confronto com o Botafogo, 29,9% com o Sport, 28,7% com o Atlético-MG e 14% com o Coritiba. No jogo de sábado, contra o Grêmio, a maior marca com 40,6%.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.