"É difícil. Só eu sei que estou passando aqui. Mas é final, vale o sacrifício. Quarta-feira não deu, estava muito inchado. Mas hoje tomei injeção e fui", disse Everton.

Não foi só o gol que fez de Everton um dos principais jogadores do Flamengo no clássico. Feliz com o retorno do atacante, o técnico Zé Ricardo citou também a importância tática do atacante, ao conter a chegada dos laterais do Fluminense.

"Muito bom ter Everton de volta, taticamente cumpre bem a função. Sabíamos que a volta dele ia fortalecer nosso lado. Tanto Lucas quanto Léo atacam muito. Teve a felicidade de fazer nosso gol. Vamos recuperar ele bem, estava em dúvida se jogaria 90 minutos. A preocupação é recuperá-lo pro jogo de quarta-feira", disse o treinador, em entrevista ao ​globoesporte.com.

Everton e Flamengo voltam a campo nesta quarta-feira, novamente no Maracanã, onde o time recebe o Universidad Católica pela Copa Libertadores.