• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Baixo aproveitamento de Paquetá no Milan impede Flamengo de ganhar mais de R$ 40 milhões em bônus

Lucas Paquetá foi revelado pelo Flamengo e caiu rapidamente nas graças da torcida rubro-negra, por conta de bons desempenhos nas temporadas de 2017 e 2018. Logo o Milan, da Itália, contratou o meio-campista, desembolsando 35 milhões de euros (R$ 150 milhões na cotação da época). Porém, o jogador viveu altos e baixos na equipe rossonera e está prestes a ser negociado. Com isso, o Fla ‘deixa de ganhar’ R$ 43 milhões.

O meia não foi relacionado para o jogo do Milan contra o Shamrock Rovers, da Irlanda, que acontece às 15h (horário de Brasília) desta quinta-feira (17), válido pela fase preliminar da Liga Europa. Justifica-se: Paquetá e dirigentes rossoneros entraram em um acordo pela saída do jogador. Porém, empréstimo está descartado por ambas as partes. Com isso, o atleta saíra do clube italiano sem bater nenhuma meta estipulada em contrato.

Ao todo, foram sete metas estabelecidas no vinculo. Caso o atleta atingisse todas, o Milan teria que pagar ao Flamengo 10 milhões de euros (na cotação da época, R$ 43 milhões). Porém, cada uma tem um valor a ser definido. Se Lucas Paquetá disputasse 45 minutos em 35 partidas de qualquer competição europeia, o Rubro-Negro ganharia 2 milhões de euros (em torno de R$ 10 milhões na cotação da época). Paquetá atingiu apenas 26 dos 35 confrontos estipulados. As informações foram divulgadas primeiramente pelo canal Venê Casagrande.

Veja todas as metas:

1) Disputar 45 minutos em 35 partidas entre qualquer competição europeia
2) Ficar entre os 35 melhores do mundo no prêmio da FIFA
3) Renovar contrato com o Milan
4) Renovar pela segunda vez o contrato com o Milan
5) Milan se classificar para a Liga dos Campeões de 2018/2019
6) Milan se classificar para a Liga dos Campeões de 2019/2020
7) Milan se classificar para a Liga dos Campeões de 2020/2021

O Milan pede de 20 a 25 milhões de euros pelo jogador (cerca de R$ 125,4 milhões a R$ 156,75 milhões, respetivamente, na cotação atual), e o Lyon, da França, demonstrou interesse. O time francês já negocia tanto com o clube italiano quanto com os empresários do atleta. O atual vinculo do meia com os rossoneros vai até junho de 2023, mas a tendência é que se encerre em breve.

Publicado em colunadofla.com.