Bandeira abre as portas do Flamengo para Adriano, mas 'sem oba-oba'

Bandeira abre as portas do Flamengo para Adriano, mas 'sem oba-oba'

O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, abriu as portas do clube para Adriano, nesta terça-feira, na apresentação do novo técnico Paulo César Carpegiani. O Imperador já manifestou algumas vezes o desejo de voltar ao clube, mas não houve, de fato, uma negociação. O mandatário rubro-negro contou que o departamento médico do Fla está à disposição do ex-camisa 9.

- Adriano tem que ser tratado com carinho e com respeito, não é para "oba-oba". O Flamengo nunca vai fechar as portas para ele. O procurador dele já sabe que o departamento médico está à disposição para conversar com ele. Estaremos sempre aqui para ajudar a pessoa, o ídolo. Mas nada de oba oba, nada de "O Imperador voltou". Por ser nosso ídolo, tem que ser respeitado. Espero que, daqui dez ou 15 anos, o Adriano seja lembrado como ídolo, independente do que aconteça com ele agora - disse Bandeira durante a entrevista coletiva no Ninho do Urubu.

O Flamengo manifestou interesse na contratação de Vagner Love para suprir a ausência de Guerrero, que segue suspenso pela Fifa. No entanto, repatriar o atacante não é fácil. Ele renovou recentemente com o seu atual clube, o Alanyaspor, da Turquia. O Corinthians é outro que está sonhando com o centroavante.

Juntos, Adriano e Vagner Love formaram o badalado "Império do Amor", que não rendeu o esperado em 2010.