| Futebol

Bandeira comemora vitória, mas alerta: "Ainda carregando o cimento"

Em coquetel da loja Nação Rubro-Negra, no Santos Dumont, presidente diz que Flamengo ainda luta contra rebaixamento e projeta 2015 melhor que 2014

O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, compareceu na noite desta quinta-feira ao coquetel de lançamento da loja Nação Rubro-Negra, no corredor de embarque do Aeroporto Santos Dumont. Com uma taça de champanhe para celebrar mais uma iniciativa da expansão da marca do clube, o mandatário brincou que ainda estava comemorando a vitória de quarta-feira, por 2 a 1, sobre o Figueirense. Mas, para Bandeira, o alerta contra o rebaixamento não pode ser desligado.

- Eu sou de natureza paranóica. Para mim, ainda estamos carregando o saco de cimento, ainda estamos na zona da confusão. Cada jogo é uma decisão. Temos agora que partir para cima do Cruzeiro - afirmou o presidente.

Bandeira de Mello, loja Nação Rubro-Negra, no Santos Dumont (Foto: Sofia Miranda)Bandeira de Mello esteve em coquetel na loja Nação Rubro-Negra, no aeroporto Santos Dumont (Foto: Sofia Miranda)



A expansão da "marca Flamengo", como diz o presidente, é um dos pontos mais frisados por Bandeira de Mello durante o seu mandato. A loja no aeroporto, local de grande movimentação, e vista com entusiasmo pelo mandatário.

- Essa expansão da marca, da promoção do conceito Flamengo se dá muito através da associação com parceiros confiáveis, como é a loja da Nação Rubro-Negra. Você ter uma loja no corredor principal do Santos Dumont, onde o movimento é absolutamente fantástico todos os dias, eu tenho certeza de que isso vai ser extremamente positivo para essa promoção do clube, e também para o sucesso do empreendimento e para o sucesso do licenciamento do Flamengo de uma maneira geral.

Estamos em um processo de reconstrução do clube, de reconstrução da credibilidade do clube, e ainda estamos passando por muitas dificuldades, mas temos certeza que já fizemos muitas coisas em temos de redução do endividamento, de recuperação da imagem.
Eduardo Bandeira de Mello

A pouco mais de um ano do fim de seu mandato, Bandeira acredita que o ano de 2015 será melhor do que 2014. O processo de reconstrução da credibilidade do Flamengo já conseguiu, segundo ele, avançar em alguns aspectos.

- Acho que 2015 vai ser um ano um pouco mais tranquilo do que 2014, melhor do que 2013, e certamente 2016 vai ser melhor do que 2015. Estamos em um processo de reconstrução do clube, de reconstrução da credibilidade do clube, e ainda estamos passando por muitas dificuldades, mas temos certeza que já fizemos muitas coisas em temos de redução do endividamento, de recuperação da imagem. Esse processo vai se acentuar até um ponto em que o Flamengo consiga ser realmente do tamanho que a torcida merece.

Além do presidente, estiveram presentes os ex-jogadores Julio Uri Geller e Adílio, e o torcedor símbolo da torcida rubro-negra, Anjinho. Ambos tiraram fotos com fãs.

O próximo compromisso do Flamengo no Campeonato Brasileiro é domingo, contra o Cruzeiro, pela 28ª rodada da competição. A partida será realizada no Maracanã, às 16 horas (de Brasília).

* Por Sofia Miranda, estagiária

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.