| Futebol

Bandeira fala em "mágica" para reforçar o Fla com nomes de peso

Presidente admite necessidade de apresentar uma nova realidade ao torcedor após o Mundial, prevê anuncio de diretor para breve e prega respeito ao lanterna Figueirense

Sem uma figura de liderança no dia a dia do departamento de futebol há duas semanas, o Flamengo caminha para anunciar Felipe Ximenes como novo diretor executivo. Enquanto isso não acontece, nomes importantes da diretoria tentam dar respaldo ao elenco. Além de Fred Luz, que tem exercido o cargo que foi de Paulo Pelaipe interinamente, o presidente Eduardo Bandeira de Mello esteve no Ninho do Urubu nesta terça-feira para acompanhar o treinamento. Após a atividade, conversou rapidamente com Ney Franco e, nas poucas palavras, um dos prováveis assuntos foi a necessidade de reforçar o elenco rubro-negro.

Apesar de tentar manter a política de contenção de gastos, a diretoria já identificou que será necessário abrir um pouco o bolso para não passar sufoco na reta final do Brasileirão. Nomes estão em pauta, contatos já foram feitos, e Bandeira de Mello garantiu que o Flamengo que voltará após a parada para Copa do Mundo terá caras novas.

- Estamos fazendo uma certa mágica para reforçar o time, a ideia é essa. Esperamos ter novidades para começarmos a intertemporada já com alguns reforços. Não podemos adiantar os nomes, mas não estamos descansando. Estamos trabalhando intensamente.

Questionado se as contratações seriam de peso, o mandatário manteve a precaução que lhe é característica, mas admitiu que "a intenção é sempre essa". Durante a visita ao centro de treinamento, Bandeira de Mello falou ainda da expectativa para confirmar em breve o nome do novo diretor executivo, pediu respeito ao Figueirense, rival de quinta-feira, e admitiu a preocupação de apresentar uma nova realidade ao torcedor depois da Copa do Mundo.

Confira a entrevista:

O Flamengo está há duas semanas sem uma figura de liderança no departamento de futebol. O próprio Fred Luz, que ocupa o cargo de diretor interino, já admitiu que está apenas ajudando. De alguma maneira isso pode ter sido prejudicial? Quando será definida esta questão?

- Na realidade, estamos conversando com alguns candidatos e esperamos anunciar em breve. Nesses 15 dias, foi o que deu para fazer. O Fred é um executivo de primeira linha e está se sacrificando no futebol. A partir do momento que o diretor definitivo estiver contratado, ele pode voltar para as funções dele.

Temos a informação de que o nome escolhido é o do Felipe Ximenes...

- Não tem nada fechado com ninguém, mas estamos na expectativa de anunciar muito em breve.

O Flamengo entra pressionado nesses dois últimos jogos antes da paralisação para Copa do Mundo?

- Estamos na expectativa desses próximos dois jogos. Esperamos ganhar para ficarmos em uma situação mais confortável. Com a evolução que o time está tendo, apesar dos desfalques, temos esperança de ganhar. Espero que na volta da Copa do Mundo já possamos estar em uma situação bem melhor, quem sabe até com alguns reforços. Acho que o segundo semestre vai ser bem melhor.

Podemos dizer que o Figueirense, lanterna e com apenas um gol marcado, é o adversário ideal para este momento?

- Se você for perguntar para o Corinthians, vão dizer que não, certamente. Pegaram o Figueirense no Itaquerão e não tiveram um bom resultado. Temos que respeitar todos os adversários, independentemente dos resultados. O Figueirense tradicionalmente é um adversário difícil para o Flamengo. Não será diferente dessa vez.

Qual a urgência de reforços para o elenco atual do Flamengo? A diretoria identifica esta necessidade?

- Estamos fazendo uma certa mágica para reforçar o time, a ideia é essa. Esperamos ter novidades para começarmos a intertemporada já com alguns reforços. Não podemos adiantar os nomes, mas não estamos descansando. Estamos trabalhando intensamente.

O torcedor pode esperar por nomes de peso?

- Nossa intenção é sempre essa. A ideia é trazer nomes que possam agregar ao elenco que temos e considero de excelente qualidade. Mas pode ser melhorado se reforçado aqui e ali.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.